A poesia de Harryette Mullen e a (des)construção da mulher e de suas fronteiras

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorAmorim, Lauro Maia-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:48:39Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:48:39Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-27-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-27-
Data de envio: dc.date.issued2014-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://revistas.pucsp.br/index.php/fronteiraz/article/view/19256-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/122539-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/122539-
Descrição: dc.descriptionHarryette Mullen is a contemporary African-American poet whose work has been increasingly analyzed and commented upon in American literary circles. Along her poetic career, one can identify the development of a complex relationship with the construction of the (black) female identity. Early in her career such construction involved the affirmation of a safer, if not “truthful” locus that could encompass the meaning of the female existence, which has ultimately come to develop a deconstruction, in her current poetry, of any centrality or essentiality in the search for a an authentic female identity. Translations of her poems will be presented in order to investigate their implication for understanding the fragmented body of the contemporary woman.-
Descrição: dc.descriptionHarryette Mullen é poetisa afro-americana contemporânea cuja obra tem sido cada vez mais analisada e comentada nos círculos literários norte-americanos. Ao longo de sua trajetória poética, pode-se identificar o desenvolvimento de uma relação complexa com a construção da identidade feminina (negra). Essa construção, no início de sua carreira, acompanha a afirmação de um lugar mais seguro e até mais “verdadeiro” para abarcar o sentido da existência feminina, chegando à desconstrução, em sua poesia atual, de qualquer centralidade ou essencialidade na busca por uma identidade feminina que seria mais autêntica. No ensaio serão apresentadas traduções de seus poemas, com o objetivo de se analisarem as implicações de sua poética para a compreensão do corpo fragmentado da mulher contemporânea.-
Formato: dc.format121-139-
Idioma: dc.languagept_BR-
Relação: dc.relationFronteiraz-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectHarryette Mullen-
Palavras-chave: dc.subjectPoesia afro-americana-
Palavras-chave: dc.subjectMulher-
Palavras-chave: dc.subjectFragmentação-
Palavras-chave: dc.subjectHarryette Mullen; African-American poetry; Woman; Fragmentation-
Título: dc.titleA poesia de Harryette Mullen e a (des)construção da mulher e de suas fronteiras-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.