Teores elevados de metais potencialmente tóxicos em amostras de fertilizantes

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorMallagoli, Ellen Del Maschio-
Autor(es): dc.creatorManzini, Flávio Fernando-
Autor(es): dc.creatorPlicas, Lidia Maria de Almeida-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:48:29Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:48:29Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-27-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-27-
Data de envio: dc.date.issued2013-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.amigosdanatureza.org.br/publicacoes/index.php/forum_ambiental/article/view/496-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/122488-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/122488-
Descrição: dc.descriptionA contaminação do solo por metais potencialmente tóxicos constitui um dos principais problemas ambientais. Por meio da lixiviação e percolação das águas, esses metais podem ser mobilizados e vir a contaminar mananciais superficiais e subterrâneos, comprometendo sua qualidade. A biodisponibilização desses metais para as plantas e, a partir dessas, para o homem é outro desfecho negativo dessa situação. O cádmio é um elemento tóxico. Os teores encontrados nos solos costumam não oferecer riscos. Porém, esses teores são potencializados pela utilização de fertilizantes. O níquel pode ser carcinogênico em doses elevadas. Sua presença em fertilizantes fosfatados proporciona maiores concentrações do metal no solo. É amplo o registro sobre efeitos do excesso desses metais, tanto em plantas, quanto em animais e no ser humano. O manganês é um dos elementos mais abundantes na crosta terrestre e se encontra largamente distribuído em solos, sedimentos, rochas, água e materiais biológicos. Contrariamente aos dois metais anteriores, esse micronutriente é um elemento essencial ao ser humano. Sua carência causa inúmeras enfermidades, por outro lado, seu excesso também. Nesse caso, poucos são os relatos sobre o assunto. Nesse estudo foram utilizados métodos de extração de metais de fertilizantes e se constatou que, quando presentes, os metais cádmio e níquel apresentaram concentrações proibitivas o que é motivo de preocupação e demonstra a falta de controle sobre a indústria de insumos agrícolas. Para o manganês não há parâmetros orientadores com limites de teores, mas com certeza, são necessários trabalhos nesse sentido para se evitar seu consumo indiscriminado.-
Formato: dc.format19-35-
Idioma: dc.languagept_BR-
Relação: dc.relationFórum Ambiental da Alta Paulista-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectanálises químicas-
Palavras-chave: dc.subjectfertilizantes-
Palavras-chave: dc.subjectmetais potencialmente tóxicos-
Título: dc.titleTeores elevados de metais potencialmente tóxicos em amostras de fertilizantes-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.