Estereótipos linguísticos: questões tradutórias derivadas do tratamento de fraseologismos em dicioinários bilíngues

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorSimao, Angelica Karim Garcia-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:47:51Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:47:51Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-27-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-27-
Data de envio: dc.date.issued2011-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://sare.anhanguera.com/index.php/rtcom/article/view/3697-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/122283-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/122283-
Descrição: dc.descriptionReconhecer as unidades fraseológicas de um texto ao traduzi-lo representa para o tradutor uma das grandes dificuldades impostas à sua tarefa de interpretação. Para além do simples reconhecimento, a identificação de um equivalente apropriado na língua de chegada, considerando seu registro de uso e a carga metafórica que encerra, dentre outros aspectos presentes em tais unidades, impõem ao tradutor um árduo trabalho de pesquisa e análise linguística. Analisamos aqui, além da organização da mega, macro e microestrutura, a tradução para o português de unidades fraseológicas em três dicionários bilíngues na direção espanhol/português, a saber: Señas – Diccionario para la enseñanza de la lengua española para brasileños (Universidad Alcalá de Henares), Diccionario Bilíngüe de Uso Español-Portugués/Português-Espanhol e o Gran Diccionario Español/Portugués/ Português/Espanhol. A análise é feita a partir de um levantamento abrangendo as unidades agrupadas pelo campo semântico 'nome de animal', especificamente as organizadas na entrada 'gato'. Embora a expressão de idéias afins seja comum a diferentes línguas e culturas, o maior ou menor grau de idiomatismo de algumas expressões pode ocasionar ao tradutor diferentes níveis de dificuldade ao tentar estabelecer equivalentes para os dois idiomas.-
Formato: dc.format21-78-
Idioma: dc.languagept_BR-
Relação: dc.relationTradução & Comunicação: Revista Brasileira de Tradutores-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectTradução-
Palavras-chave: dc.subjectLíngua espanhola-
Palavras-chave: dc.subjectFraseografia-
Palavras-chave: dc.subjectFraseologia-
Título: dc.titleEstereótipos linguísticos: questões tradutórias derivadas do tratamento de fraseologismos em dicioinários bilíngues-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.