Diferentes maneiras de definir a função logarítmica natural

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorGarcia, Eduardo Granado-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:47:23Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:47:23Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-09-
Data de envio: dc.date.issued2015-04-09-
Data de envio: dc.date.issued2014-03-28-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/122205-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/122205-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Matemática em Rede Nacional - IBILCE-
Descrição: dc.descriptionThe main objective of this paper is to present difierent forms of defining the natural logarithm function. And, more specifically, start from the exponential function; its inverse; as an area of a region on the plane and finally as the limit in a real number sequence. Besides that, on the last chapter we aimed at doing an analysis of some issues that influence the teaching of logarithm in Basic Education. As theoretical basis we have employed some sources that approach the process of Mathematics Teaching in our country as well as oficial directives such as the PCN - National Curricular Parameters and the Sao Paulo State Oficial Educational Curriculum. Based on the latter we have done an analysis of the teaching sequences that make up the material which is made available to the students of the state public schools and veri ed the kind of approach employed for the teaching of logarithms-
Descrição: dc.descriptionEste trabalho tem como objetivo principal apresentar diferentes formas de definir a função logarítmica natural. Mais especificamente, a partir da função exponencial, como sua inversa; como area de uma região do plano e, por fim, como limite de uma sequência de números reais. Além disso, procuramos no ultimo capítulo, realizar uma análise de algumas questões que exercem influência sobre o ensino de logaritmos na Educação Básica. Para embasamento teórico, recorremos a algumas fontes que abordam o processo de Educação Matemática em nosso país, e também as diretrizes oficiais, como PCNs e o Currículo Oficial do Estado de São Paulo. Neste ultimo, trazemos uma análise das situações de aprendizagem que compõem o material que e disponibilizado aos alunos da rede estadual, verificando o tipo de abordagem evidenciada para o ensino de logaritmos-
Formato: dc.format54 f. : il., tabs.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectMatemática - Estudo e ensino-
Palavras-chave: dc.subjectMatemática (Ensino médio)-
Palavras-chave: dc.subjectFunções (Matemática) - Estudo e ensino-
Palavras-chave: dc.subjectLogarítmos - Estudo e ensino-
Palavras-chave: dc.subjectNumeros reais-
Palavras-chave: dc.subjectMathematics Study and teaching-
Título: dc.titleDiferentes maneiras de definir a função logarítmica natural-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.