Análise das emissões de gases do efeito estufa na produção do milho através da fertilização por resíduos de biocombustível. Estudo de caso : Dedelow - Brandemburgo - Alemanha

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorSeron, Ana Beatriz Brugugnolli-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:44:38Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:44:38Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2013-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/121132-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/121132-
Descrição: dc.descriptionThe focus of this research study were gas exchange between soil and atmosphere of nitrous oxide (N2O) between different fertilization treatments Corn The research, conducted in the experimental field Dedelow - Brandenburg / Germany, analyzed three different fertilization treatments, aiming to quantify GHE emissions, to identify the influence of the residue of biogas in the release of these gases process in agricultural soils in search for a solution fertilization less harmful to the environment and the greenhouse effect , based on the comparison of three treatments: organic fertilization, mineral fertilization and no fertilization. It was found through the analysis of the measurements that the first was the one which issued N2O, showing that even though coming from the residue of biogas , when returned to the soil, it becomes harmful to the environment and global warming . The cultivation of energy crops can lower or raise the emissions of greenhouse gases, so it is necessary for further research on this question not only in Germany , where such research is in continuity, but also in Brazil, a pioneer in the introduction to his energy matrix of a biofuel produced from cane sugar-
Descrição: dc.descriptionO foco de investigação deste estudo foram as trocas gasosas entre solo e atmosfera de óxido nitroso (N2O) entre diferentes tratamentos de fertilização do milho. A pesquisa, realizada no campo experimental de Dedelow – Brandenburgo/Alemanha analisou três diferentes tratamentos de fertilização, com o objetivo de quantificar as emissões do gás do efeito estufa N2O, para identificar a influência do resíduo de biocombustível no processo de liberação desses gases em solos agrícolas, na busca por uma solução de fertilização menos prejudicial ao meio ambiente e ao efeito estufa, partindo da comparação entre três tratamentos: fertilização orgânica, fertilização mineral e sem fertilização. Constatou-se, através das análises das medições que o primeiro foi o que mais emitiu N2O, demonstrando que mesmo sendo advindo do resíduo de biocombustível, quando devolvido para o solo, torna-se nocivo ao meio ambiente e ao efeito estufa. O cultivo de culturas energéticas pode reduzir ou elevar as emissões de gases do efeito estufa, daí a necessidade de aprofundar pesquisas sobre essa questão, não só na Alemanha, onde essa pesquisa está em continuidade, mas também no Brasil, pioneiro na introdução em sua matriz energética de um biocombustível produzido a partir da cana-de-açúcar-
Formato: dc.format42 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectResíduos-
Palavras-chave: dc.subjectEfeito estufa (Atmosfera)-
Palavras-chave: dc.subjectGases-
Palavras-chave: dc.subjectÓxido nitroso-
Palavras-chave: dc.subjectBiocombustíveis - Resíduos-
Palavras-chave: dc.subjectAdubos e fertilizantes-
Palavras-chave: dc.subjectMilho - Cultivo-
Palavras-chave: dc.subjectAlemanha-
Título: dc.titleAnálise das emissões de gases do efeito estufa na produção do milho através da fertilização por resíduos de biocombustível. Estudo de caso : Dedelow - Brandemburgo - Alemanha-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.