Análise eletromiográfica dos músculos vasto medial e vasto lateral durante contrações isométricas de extensão do joelho

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorOliveira, Amália Casonato Baptista de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:41:57Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:41:57Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2009-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/120241-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/120241-
Descrição: dc.descriptionO joelho, por suas características anatômicas e freqüente instabilidade e exposição as lesões tem o quadríceps como importante músculo a ser desenvolvido quanto ao seu trofismo e força. Composto de quatro porções distintas estas podem gerar diferentes vetores de força que podem ter relações diretas com o recrutamento de unidades motoras. O posicionamento articular, a conseqüente modificação do comprimento muscular e a intensidade da contração podem influenciar o desenvolvimento da força do quadríceps. Dentre as contrações relacionadas ao maior recrutamento de unidades motoras com o intuito do desenvolvimento de força está a contração isométrica. Dentre as contrações musculares, as isométricas têm sido frequentemente indicadas para aumentar a força e estabilidade articular em sessões de treinamento e reabilitação. Pelo exposto, o objetivo do estudo foi analisar os músculos vasto medial (VM) e vasto lateral (VL) por meio da eletromiografia de superfície durante 15s de contração isométrica a 20%, 30%, 40% e 50% da contração isométrica voluntária máxima – CIVM com o joelho a 90 graus. Foram utilizados eletrodos de superfície bipolar de Ag/AgCl, posicionados nos músculos VM e VL, um módulo de aquisição de sinais biológicos (Lynx) calibrado com ganho de 1000vezes, filtro de passa alta de 20Hz e de passa baixa de 500Hz. Uma célula de carga foi acoplada perpendicularmente à cadeira de teste especialmente desenvolvida para o estudo e utilizado uma indicador digital para retorno visual. Na análise estatística utilizou-se teste de Friedman e teste de Wilcoxon, e adotou-se nível de significância de p<0,05. Verificou-se que os músculos VM e VL foram semelhantes entre si, e entre as cargas, houve diferença significante entre as cargas de 20% e 40%, 20% e 50%, e 30% e 50% para ambos os músculos, com maior atividade nas cargas de 40% e 50% CVM... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo)-
Formato: dc.format17 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectCinesiologia-
Palavras-chave: dc.subjectEletromiografia-
Palavras-chave: dc.subjectMúsculos do quadriceps-
Palavras-chave: dc.subjectContração isométrica-
Título: dc.titleAnálise eletromiográfica dos músculos vasto medial e vasto lateral durante contrações isométricas de extensão do joelho-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.