Uma avaliação do uso do NCRP 151 na realidade brasileira

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorGroppo, Daniela Piaí-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:38:18Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:38:18Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2009-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/119354-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/119354-
Descrição: dc.descriptionMedical Physics is an interdisciplinary field that applies concepts and laws of physics in medical practices. Currently, one of its main applications is the use of ionizing radiation in the treatment of oncological diseases. Due to its wide use and highly dangerous, many of radioprotection procedures should be adopted with the objective of protecting human beings from harmful effects of radiation. Thus, you can better enjoy the benefits that the practice can offer. The methodology proposed by the National Council on Radiation Protection 151 (NCRP 151), relates technical information necessary to Structural Shielding Design and Evaluation for Megavoltage X- and Gamma- Ray Radiotherapy Facilities. However, many parameters used to calculate the shield are based on estimates only, and it is an international standard that may not be adequate to the Brazilian reality. Thus, the central idea of this study is the collection of data from the routine of the Radiotherapy Service of the Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência, in particular equipment cobalt therapy Theratron 780 (Atomic Energy of Canada Ltd.) and the linear accelerator Varian Clinac 2100C for measurement of workload, number of patients, fields, and dose factors to determine the best use of barrier protection. Furthermore, this work features a profile of radiotherapy treatments carried out closer to the Brazilian reality-
Descrição: dc.descriptionA Física Médica é uma área interdisciplinar que aplica conceitos e leis da Física nas práticas médicas. Atualmente, uma de suas principais aplicações é o emprego de radiações ionizantes no tratamento de doenças oncológicas. Devido à sua alta periculosidade e vasta utilização, muitos procedimentos de radioproteção devem ser adotados com o objetivo de proteger o ser humano dos efeitos nocivos da radiação. Dessa forma, pode-se usufruir melhor dos benefícios que a prática pode oferecer. A metodologia proposta pelo National Council on Radiation Protection 151 (NCRP 151), relaciona as informações técnicas necessárias ao projeto e instalação de estruturas de blindagem para serviços que fazem uso de aparelhos de megavoltagem. Entretanto, muitos parâmetros empregados para o cálculo de blindagem são baseados somente em estimativas, além de se tratar de uma norma internacional que talvez não seja adequada à realidade do Brasil. Dessa forma, a idéia central deste estudo é o levantamento de dados da rotina do Serviço de Radioterapia da Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência, em particular do equipamento de cobaltoterapia Theratron 780 (Atomic Energy of Canada Ltd.) e do acelerador linear Varian Clinac 2100C, para medida da carga de trabalho, número de pacientes tratados, campos, dose e fator uso para determinar a melhor barreira de proteção. Além disso, esse trabalho caracteriza um perfil dos tratamentos radioterápicos realizados, mais próximo da realidade brasileira-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectRadioterapia-
Palavras-chave: dc.subjectRadiação - Medidas de segurança-
Palavras-chave: dc.subjectBlindagem (Radiação)-
Palavras-chave: dc.subjectNCRP 151-
Palavras-chave: dc.subjectRadiações ionizantes-
Palavras-chave: dc.subjectRadiation therapy-
Título: dc.titleUma avaliação do uso do NCRP 151 na realidade brasileira-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.