Avaliação das medidas articulares de membros pélvicos em ovinos

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorGovoni, Verônica Mollica-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:38:16Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:38:16Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2011-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/119336-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/119336-
Descrição: dc.descriptionThe aim of this study was to determine the angle of motion values for hindlimbs in clinically healthy adult Santa Ines sheep using a standard goniometer. Twenty female Santa Ines sheep weighing 32–45 kg (mean30.4, SD=3.7), and aged from three to six years old were used. A standard transparent plastic goniometer was used to measure passive maximum flexion, maximum extension, and range of motion (ROM) of the shoulder, elbow, carpal, hip, stifle, and tarsal joints, in the right and left limbs. The goniometric measurements were done with the sheep awake and in a standing position. The measurements were made in triplicate by two independent investigators. In all evaluated joints there was no significant difference between the means of both sides. No significant difference was observed between measurements performed by the two investigators. The mean (± SD) values of the measurements (degrees) were: 129 ± 4 (ROM) for tarsal joint; 46 ± 4 (flexion), 146 ± 6 (extension), and 100 ± 4 (ROM) for stifle joint; 54 ± 3 (flexion), 143 ± 7 (extension), and 89 ± 5 (ROM) for hip joint. The data obtained is useful to provide objective information of the joints. More studies are necessary using other breeds-
Descrição: dc.descriptionO presente estudo teve por objetivo estabelecer valores goniométricos de normalidade das articulações dos membros pélvicos em ovinos da raça Santa Inês. Para tanto, foram utilizados 20 fêmeas hígidas, pesando 32- 45 kg (média de 30,4 kg, DV=3,7) e com idade variando de três a seis anos. Foram aferidas a máxima flexão, a máxima extensão e a amplitude de movimento (AM) das articulações coxofemoral, do joelho e tarsocrural, dos membros direito e esquerdo, com o emprego de um goniômetro universal de plástico. As medidas goniométricas foram feitas sem sedação e com os animais em posição de estação. Cada articulação foi aferida em triplicata por dois avaliadores. Em todas as articulações avaliadas não se detectou diferenças significativa entre as médias de ambos os lados. Não foi observada diferença significativa entre as medidas realizadas pelos dois avaliadores. A média (±DV) dos valores (graus) das mensurações foram: 35 ± 4 (flexão), 163 ± 3 (extensão) e 129 ± 4 (AM) para a articulação tarsocrural; 46 ± 4 (flexão), 146 ± 6(extensão) e 100 ± 4(AM) para o joelho; 54 ± 3 (flexão), 143 ± 7 (extensão) e 89 ± 5 (AM) para articulação coxofemoral. Os dados obtidos são úteis para fornecer informações objetivas das articulações. Mais estudos são necessários utilizando outras raças-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectOvino-
Palavras-chave: dc.subjectArticulação – Medição-
Título: dc.titleAvaliação das medidas articulares de membros pélvicos em ovinos-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.