Produção e caracterização físico-mecânica de painel de compensado de Eucalyptus sp. e adesivo PVA

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorFerreira, Bruno Santos-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:37:30Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:37:30Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2011-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/119027-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/119027-
Descrição: dc.descriptionStudies on new adhesives and resins for bonding wood and wood products are being conducted with the intention of improving their properties, taking into account a lower environmental impact. For this reason new formulations of polyvinyl acetate (PVA) adhesives have been developed, because they have no chemicals in its composition extremely polluting and harmful to health, as is the case of formaldehyde-based resins, which in turn are the most commonly used today for wood panels production. This study tested three different formulations of PVA adhesives, with different times and temperatures of pressing for the production of Eucalyptus sp. Plywood, coming up in satisfactory results with respect to shear strength at the bondline, which was higher for the PVA adhesives compared with urea-formaldehyde and phenol. The results of MOE and MOR were lower than those values of the panels produced with urea and phenol-formaldehyde, and the results of physical tests showed to be close to the panels produced with these same adhesives-
Descrição: dc.descriptionEstudos sobre novos adesivos ou resinas para colagem de madeira e derivados estão sendo realizados com a intenção de melhorar suas propriedades, levando em consideração um menor impacto ambiental. Por este motivo novas formulações de adesivos de acetato de polivinila (PVA) vêm sendo desenvolvidas, pois estes não possuem em sua composição compostos químicos extremamente poluentes e prejudiciais à saúde, como é o caso de resinas à base de formaldeído, que por sua vez são as mais comumente utilizadas hoje em dia para a produção de painéis de madeira. Este trabalho testou três formulações diferentes de adesivos PVA, com diferentes tempos e temperaturas de prensagem, para a produção de compensado de Eucalyptus sp., obtendo bons resultados com relação à resistência ao cisalhamento na linha de cola, a qual foi superior para os adesivos PVA se comparados com a uréia e o fenol-formaldeído. Os resultados de MOE e MOR apresentaram-se inferiores aos valores dos painéis produzidos com resina uréia-formaldeído e fenol-formaldeído, e todos os resultados dos ensaios físicos apresentaram-se próximos àqueles dos painéis produzidos com estes mesmos adesivos-
Formato: dc.formatxii, 65 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectCompensados de madeira-
Palavras-chave: dc.subjectPainéis de madeira-
Palavras-chave: dc.subjectAdesivos-
Palavras-chave: dc.subjectEucalipto-
Palavras-chave: dc.subjectPlywood-
Título: dc.titleProdução e caracterização físico-mecânica de painel de compensado de Eucalyptus sp. e adesivo PVA-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.