Geotecnologias para análise da expansão urbana e consequências na APP do Córrego Olinda - Rio Claro/SP

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCardoso, Paola Gama-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:36:25Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:36:25Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-23-
Data de envio: dc.date.issued2012-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/118530-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/118530-
Descrição: dc.descriptionDespite the current Environmental Legislation resolution, concerning the protection of the Permanent Preservation Areas (PPA), be quite rigid, in practice, is observed noncompliance with the minimum limits of protection, especially in urban areas where, historically, the urbanization processes have been executed without compliance with the minimum standards of urban and environmental planning. Given the above, the present study aimed to analyze the urban sprawl evolution at the Olinda stream APP, located in the city of Rio Claro - SP. By means of the visual interpretation of aerial photographs in the GIS/ARCGIS environment, thematic maps of the urban sprawl of the years 1972, 1995 and 2010, as well as the Olinda Stream APP surroundings, were prepared. From the maps, it was possible to measure the occupation density for each scenario and indicate from which period the urbanization process has intensified. It was also possible to quantify the loss of vegetation area and indicate the major environmental problems in the basin of the Olinda stream. Therefore, the development of this research shows its importance, considering that its results can support the public administration, assisting in proper planning of land use and occupation in urban watersheds-
Descrição: dc.descriptionApesar das determinações da Legislação Ambiental vigente, relativas à proteção das Áreas de Preservação Permanente (APP) serem bastante rígidas, na prática se observa o descumprimento dos limites mínimos de proteção, principalmente em áreas urbanas onde, historicamente, os processos de urbanização foram e continuam sendo executados sem padrões mínimos de planejamento urbano e ambiental. Diante do exposto, o presente trabalho teve como objetivo analisar a evolução da expansão urbana sobre a APP do córrego Olinda, no município de Rio Claro – SP. Para o propósito, através da interpretação visual de fotografias aéreas no ambiente do SIG/ARCGIS, foram elaborados mapas temáticos da expansão urbana dos anos de 1972, 1995 e 2010, bem como da APP no entorno do córrego Olinda. A partir dos mapeamentos foi possível mensurar a densidade de ocupação para cada cenário e apontar a partir de qual período se intensificou o processo de urbanização. Também, foi possível quantificar a perda vegetacional da área e indicar quais os principais problemas ambientais da bacia do córrego Olinda. Dessa maneira, o desenvolvimento desta pesquisa mostra sua importância na medida em que os resultados poderão servir de subsídios à administração pública, auxiliando no adequado planejamento do uso e ocupação das terras em bacias hidrográficas urbanas-
Formato: dc.format66 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectGeografia - Rio Claro (SP)-
Palavras-chave: dc.subjectÁrea de preservação permanente-
Palavras-chave: dc.subjectGeotecnologia ambiental-
Palavras-chave: dc.subjectProteção ambiental-
Palavras-chave: dc.subjectUrbanização-
Palavras-chave: dc.subjectPlanejamento urbano-
Palavras-chave: dc.subjectOlinda, Córrego (Rio Claro, SP)-
Título: dc.titleGeotecnologias para análise da expansão urbana e consequências na APP do Córrego Olinda - Rio Claro/SP-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.