Caracterizaçãode biofilme à base de zeína e ácido oléico adicionado de nanocarbonato

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorRibeiro, Wanessa Ximenes-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:27:33Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:27:33Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-03-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-03-
Data de envio: dc.date.issued2014-09-02-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/115792-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/115792-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Engenharia e Ciência de Alimentos - IBILCE-
Descrição: dc.descriptionA zeína é uma proteína do glúten do milho muito utilizada na produção de filmes plásticos flexíveis e transparentes. O desenvolvimento de embalagens biodegradáveis à base de zeína tem um grande potencial para a melhoria da qualidade e aumento da vida de prateleira de alimentos, além de permitir a adição de compostos ativos, agregando assim, maior valor tecnológico aos biofilmes de zeína, tornando-os capazes de melhorar a qualidade dos alimentos e sua conservação. Este trabalho propôs o uso de nanocarbonato no desenvolvimento de filmes biodegradáveis à base de zeína para identificar a estrutura básica e as propriedades dos biomateriais. Os filmes foram elaborados pela técnica casting tendo como formulação base zeína, glicerol, ácido oléico, etanol e água, e incorporados com três concentrações de nanocarbonato (1, 2 e 3 g / 100 g de proteína) a fim de estudar sua estrutura. Os filmes foram avaliados quanto as suas propriedades mecânicas (resistência máxima à tração e porcentagem de elongação na ruptura), fisico-químicas (umidade, solubilidade, atividade de água e espessura), microestutrutra (Microscopia eletrônica de varredura (MEV) e Microscopia óptica (MO)), permeabilidade ao vapor de água, opacidade e cor. Os filmes apresentaram-se homogêneos, livre de partículas insolúveis, flexíveis e espessura uniforme. A adição do nanocarbonato resultou em materiais mais elásticos e flexíveis, com maior estabilidade e manutenção da cor e também mais claros, no entanto, apresentaram-se mais hidrofílicos quando comparados ao filme padrão. Na análise da estrutura verificou-se uma dispersão aleatória das nanopartículas na matriz polimérica indicando que não houve intercalação destas com a matriz. Verificou-se também um aumento no tamanho de agregados de lipídeos quando aumentou-se a concentração de nanocarbonato-
Descrição: dc.descriptionZein is a corn gluten protein that is widely used in the production of flexible and transparent plastic films. The development of biodegradable packaging based on Zein has great potential to improve the quality and increase the shelf-life of a fruit product, as well as permit the addition of active compounds, this will add greater value to Zein-based biofilms, making them able to improve food quality and conservation. The purpose of this work is to produce Zein biofilms added with nanocarbonate (1%, 2% e 3%) to identify the basic structure and properties of the biomaterials. These films, made by employing a technique known as casting, consist of a basic formulation of Zein, glycerol, oleic acid, ethanol and water, combined with three concentrations of nanocarbonate (1, 2 e 3 g / 100 g of protein) to study their structure. These materials were assessed according to their mechanical properties (tensile strength at break and elongation at break percentage), physical and chemical properties (humidity, solubility, water activity and thickness), microstructure (Scanning Electron Microscopy (SEM) and Optical Microscopy (MO)), water vapor permeability, opacity and color change. The films were homogenous, free of insoluble particles, flexible and uniform thickness. The addition of nanocarbonate resulted in more elastic and flexible material, more stability and maintenance of color and also lighter, however, were more hydrophilic compared with the standard film. The analysis of the structure there is a random dispersion of nanoparticles in the polymer matrix indicating no collation with the matrix. There was also an increase in size of the lipid when the concentration of nanocarbonate increased-
Formato: dc.format55 f. : il. color., tabs.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectTecnologia de alimentos-
Palavras-chave: dc.subjectBiofilme-
Palavras-chave: dc.subjectZeína-
Palavras-chave: dc.subjectCarbonatos-
Palavras-chave: dc.subjectNanopartículas-
Palavras-chave: dc.subjectAlimentos - Embalagens-
Palavras-chave: dc.subjectBiofilms-
Título: dc.titleCaracterizaçãode biofilme à base de zeína e ácido oléico adicionado de nanocarbonato-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.