Ordem social, Polícia Civil e justiça criminal na cidade de São Paulo (1889-1930)

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorSouza, Luís Antônio Francisco de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:26:12Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:26:12Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-02-24-
Data de envio: dc.date.issued2015-02-24-
Data de envio: dc.date.issued2010-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://revhistoria.usp.br/images/stories/revistas/162/Rh_162_-_07_-_Luis_Antonio_Francisco_de_Souza.pdf-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/115161-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/115161-
Descrição: dc.descriptionThe article aims to review the discussion on police role within institutional reform in São Paulo First Republic implementation. The main argument refers to the formation of brazilian judicial system and to the continuity of the debate on public policies reforms, administration of justice and police control over lower social classes, by means of a criminalization of the poverty. The judicial administration was reformed, but that opened space for police institutions to act without constraints. Despite theses changes, state institutions were also used by tradicional social elites in neo-patrimonial ways, allowing the maintenance of unlawful practices within the system.-
Descrição: dc.descriptionO presente artigo retoma a discussão sobre o papel da polícia na reforma institucional iniciada na Primeira República, em São Paulo. O argumento central diz respeito à formação das instituições judiciais brasileiras, à continuidade do debate sobre políticas públicas e administração da justiça, bem como o papel da polícia no processo de criminalização das classes populares. No período, a administração da justiça sofreu várias reformas que, aos poucos, permitiram mais espaço para a ação das institui- ções policiais. A área criminal, de forma constante, continuou a ser cooptada pelos interesses neopatrimoniais dos setores tradicionais da política, permitindo com isso a permanência de práticas inquisitoriais no interior do sistema.-
Formato: dc.format179-204-
Idioma: dc.languagept_BR-
Relação: dc.relationRevista de História-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectHistória da Policia-
Palavras-chave: dc.subjectInquérito Policial-
Palavras-chave: dc.subjectInvestigação Criminal-
Palavras-chave: dc.subjectJustiça Criminal-
Palavras-chave: dc.subjectPoder de policia-
Palavras-chave: dc.subjectPolícia-
Título: dc.titleOrdem social, Polícia Civil e justiça criminal na cidade de São Paulo (1889-1930)-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.