A hora dos intelectuais : literatura, política e engajamento no Brasil (1964-1967)

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCzajka, Rodrigo-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:25:20Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:25:20Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-02-24-
Data de envio: dc.date.issued2015-02-24-
Data de envio: dc.date.issued2013-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://revistas.ufrj.br/index.php/eco_pos/article/view/1185-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/114767-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/114767-
Descrição: dc.descriptionThe resistance to the military dictatorship in Brazil (1964-1985) had many faces, especially among intellectuals. This article will discuss the activity of some writers and journalists in the process of articulation as leftist intellectuals in opposition to the military regime, as "cultural resistance" in various forms assumed in the context of politicization of culture and cultural goods market in the mid 1960´s.-
Descrição: dc.descriptionA resistência à ditadura militar no Brasil (1964-1985) teve inúmeras faces, sobretudo, nos meios intelectualizados. Neste artigo será debatida a atividade de alguns escritores e jornalistas no processo de articulação como intelectuais de esquerda na oposição ao regime militar, como “resistência cultural” assumida em variadas formas no contexto de politização da cultura e do mercado de bens culturais em meados da década de 1960.-
Formato: dc.format73-106-
Idioma: dc.languagept_BR-
Relação: dc.relationRevista Eco-Pós-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Título: dc.titleA hora dos intelectuais : literatura, política e engajamento no Brasil (1964-1967)-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.