Modelagem da área foliar de duas cultivares de amendoim em função das dimensões lineares dos folíolos

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCardozo, Nilceu Piffer-
Autor(es): dc.creatorParreira, Mariana Casari-
Autor(es): dc.creatorPanosso, Alan Rodrigo-
Autor(es): dc.creatorVolpe, Clovis Alberto-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:22:37Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:22:37Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-12-03-
Data de envio: dc.date.issued2014-12-03-
Data de envio: dc.date.issued2014-01-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/15192-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/113582-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/113582-
Descrição: dc.descriptionThe purpose of this study was to determine a shape factor to estimate area of leaflets of two peanut cultivars (IAC TATU ST, IAC RUNNER 886). Correlation studies were conducted involving real leaf area (Sf) and leaf length (C), maximum leaf width (L) and the product between C and L. For each cultivar was determined a form factor (f) by means of regression analysis between the product of the length by the width and the actual area of leaves and the correlation between leaf area estimated by the correction factor and direct measurement. All evaluated models (linear, exponential or geometric) provided good estimates of leaf area (above 87%). Linear models had the best fit, passing or not through the origin. From a practical viewpoint, it is suggested to use the linear model involving the C and L product, using a linear coefficient equal to zero, with values of factor f equal to 0.7111 and 0.7266 for IAC RUNNER 886 and IAC TATU ST, respectively. The method of dimensions is feasible for the estimation of leaf area for both peanut cultivars, for showing good r(2) values (0.97), with errors below 3%, even when used with independent data.-
Descrição: dc.descriptionO objetivo do presente estudo foi determinar um fator de forma para a estimativa da área de folíolos de dois cultivares de amendoim (IAC TATU ST e IAC RUNNER 886). Foram estudadas as correlações entre a área foliar real (SF) e as medidas dimensionais do limbo foliar, como o comprimento ao longo da nervura principal (C), a largura máxima (L) e o produto das duas dimensões (C  L). Para cada cultivar foi determinado um fator de forma (f) por meio da análise de regressão entre o produto do comprimento e largura e área real das folhas e avaliada a correlação entre a área foliar estimada pelo fator de correção e sua medida direta. Todos os modelos avaliados (lineares, exponenciais ou geométricos) permitiram estimativas da área foliar acima de 87%. As equações que apresentaram melhor ajuste foram as lineares, passando ou não pela origem. Do ponto de vista prático, sugere-se optar pela equação linear simples que considera o coeficiente linear igual a zero, com valores de fator f iguais a 0,7111 e 0,7266 para os cultivares IAC RUNNER 886 e IAC TATU ST, respectivamente. O método das dimensões é viável para a estimação de área foliar do amendoim para ambas as cultivares, por apresentar valores de r2 (0,97), com erros inferiores a 3%, inclusive quando utilizado com dados independentes.-
Formato: dc.format101-107-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniv Federal Uberlandia-
Relação: dc.relationBioscience Journal-
Relação: dc.relation0.404-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectBiometrics-
Palavras-chave: dc.subjectEstimate-
Palavras-chave: dc.subjectArachis hypogae L.-
Título: dc.titleModelagem da área foliar de duas cultivares de amendoim em função das dimensões lineares dos folíolos-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.