Resposta imune de tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) vacinadas contra Streptococcus agalactiae

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorMarcusso, Paulo Fernandes-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:10:48Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:10:48Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-11-10-
Data de envio: dc.date.issued2014-11-10-
Data de envio: dc.date.issued2014-02-28-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/110614-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/110614-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Medicina Veterinária - FCAV-
Descrição: dc.descriptionStreptococcal infection causes significant losses in intensive farmed of tilapia in Brazil and one of the solutions is the use of vaccines. Thus, this study assessed the humoral and cellular immune response to a vaccine against S. agalactiae; and to this end were used 425 Nile tilapia, O. niloticus (200 ± 25 g). Firstly, the relative percentage of survival (PRS) was determined to evaluate which portions of sonicate S. agalactiae (soluble or insoluble) would be more efficient. For this, four groups were formed (n=20), G1 – injected with PBS, G2- injected with PBS + adjuvant incomplete of Freund; G3- immunized with the soluble fraction + adjuvant incomplete of Freund; G4 - immunized with the insoluble fraction + adjuvant incomplete of Freund. 21 days after immunization, fish were challenged with homologous strains (LC50) resulting in a PRS 100, 50, and 16.7% to G4, G3, and G2, respectively. Based on these results, the insoluble fraction was used to evaluate the humoral immune response. Group 5 (G5) was injected with PBS (control) and Group 6 (G6) was immunized with the insoluble fraction + incomplete Freund's adjuvant, intracoelomic route. They were performed blood samples at 0; 7; 14; 21; 28; 35; 42; 60, and 90 days post-vaccination. The evaluation of immune response was made by direct agglutination test in microplaque. The results showed that the vaccinated group presented titration from 21th day, with maximal response at 60 days post vaccination. To assess the cellular component of the nonspecific inflammatory response elicited by vaccination, three groups were used (n = 63), G7 – injected with PBS, G8- injected with PBS + incomplete Freund's adjuvant, G9 - immunized with the insoluble fraction + incomplete Freund's adjuvant. All injections were performed in the swim bladder. Therefore, we collected exudates at 6, 24, and 48 hours post-stimulus. The exudate results showed ...-
Descrição: dc.descriptionA estreptococose provoca grandes perdas em sistemas de criação intensiva de tilápias no Brasil e uma das soluções é a utilização de vacinas. Assim, este estudo avaliou a resposta imune celular e humoral a uma vacina contra S. agalactiae e utilizou 425 tilápias do Nilo, O. niloticus (200 ± 25 g). Primeiramente foi determinada a porcentagem relativa de sobrevivência (PRS) para avaliar qual das porções (solúvel ou insolúvel) obtidas do S. agalactiae sonicado seria mais eficiente. Para tanto foram constituídos quatro grupos (n= 20), onde o grupo 1 (G1) foi injetado com PBS; grupo 2 (G2) com PBS + adjuvante incompleto de Freund; grupo 3 (G3) imunizado com a fração solúvel + adjuvante incompleto de Freund e grupo 4 (G4) imunizado com a fração insolúvel + adjuvante incompleto de Freund. Após 21 dias da imunização os peixes foram desafiados com cepa homóloga (CL50), resultando numa PRS de 100, 50 e 16,7% para G4, G3 e G2, respectivamente. Com base nestes resultados utilizou-se a fração insolúvel para avaliar a reposta imune humoral. Neste caso foram constituídos dois grupos; Grupo 5 injetado com PBS (controle) e Grupo 6 imunizado com a fração insolúvel + adjuvante incompleto de Freund, via i.c. Foram realizadas coletas de sangue nos tempos zero, 7, 14, 21, 28, 35, 42, 60, 90 dias pós-vacinal. A avaliação da resposta imune foi feita por meio da soroaglutinação direta em microplaca. Os resultados demonstraram que o grupo vacinado apresentou titulação a partir do 21º, com resposta máxima no 60º dia pós vacinal. Para avaliar o componente celular da resposta inflamatória inespecífica provocada pela vacinação foram utilizados três grupos (n=63), sendo Grupo 7 (controle) injetados com PBS, o Grupo 8com PBS + adjuvante incompleto de Freud e Grupo 9 imunizado com a fração insolúvel + adjuvante incompleto de Freud, as injeções foram realizadas na ...-
Formato: dc.formativ, 74 p.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectPeixe-
Palavras-chave: dc.subjectTilápia-do-Nilo-
Palavras-chave: dc.subjectEstreptococo-
Palavras-chave: dc.subjectVacinas-
Palavras-chave: dc.subjectInflamação-
Palavras-chave: dc.subjectResposta imune-
Palavras-chave: dc.subjectImmune response-
Título: dc.titleResposta imune de tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus) vacinadas contra Streptococcus agalactiae-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.