Potencial de óleos essenciais de plantas para o tratamento de enfermidade em peixes

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorValladão, Gustavo Moraes Ramos-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:10:09Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:10:09Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-11-10-
Data de envio: dc.date.issued2014-11-10-
Data de envio: dc.date.issued2014-02-19-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/110337-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/110337-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Aquicultura - FCAV-
Descrição: dc.descriptionThis study explains about prospects in relation to current and future treatments for fish diseases. Currently, outbreaks of parasite and bacterial diseases have acted as an important limiting factor for fish farming. So producers have made use of massive amounts of chemicals and antibiotics to control mortalities and avoid economic losses. The therapy of fish diseases is not well regarded due to the side effects of the products available for use today, thus, studies of safer and more effective alternative treatments are needed. The use of herbal medicines in animals has shown promising to be a natural, biodegradable and have antimicrobial activity against many pathogens, including fish. In in vitro and in vivo experiments, we evaluated the potential of three herbal medicines against an important pathogen of fish, Ichthyophthirius multifiliis. Essential oils of Melaleuca alternifolia, Lavandula angustifolia and Mentha piperita, showed in vitro activity against I. multifiliis. Treatment with the essential oil of M. alternifolia in water was effective against the disease caused by this parasite. These three herbal oils showed potential as replacements to current treatments used to control of this important parasitic disease in fish-
Descrição: dc.descriptionEsta revisão esclarece as perspectivas em relação aos tratamentos atuais e futuros de enfermidades de peixes. Atualmente, surto de doenças parasitárias e bacterianas tem atuado como importante fator limitante para a piscicultura. Com isso os produtores tem lançado mão de massivas quantidades de antimicrobianos e desinfetantes para controlar mortalidades e evitar grandes perdas econômicas. A terapêutica em doenças em peixes é vista com criticismo devido aos efeitos colaterais dos produtos disponíveis para uso nos dias de hoje, sendo necessários estudos de tratamentos alternativos eficazes e mais seguros. O uso de fitoterápicos na produção animal tem se mostrado promissor por serem produtos naturais, biodegradáveis e com atividade antimicrobiana contra diversos patógenos, inclusive de peixes. Em experimentos in vitro e in vivo, foi avaliado o potencial de três fitoterápicos contra um importante patógeno de peixe, Ichthyophthirius multifiliis. Foram utilizados os óleos essenciais de Melaleuca alternifolia, Lavandula angustifolia e Mentha piperita, os quais mostraram atividade in vitro contra I. multifiliis e o tratamento com o óleo essencial de M. alternifolia na água foi eficaz contra a doença causada por este parasito. Os três fitoterápicos apresentaram potencial como substitutos aos atuais tratamentos utilizados para controlar esta importante parasitose em peixe-
Formato: dc.formatv, 83 f. : il.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectPeixe-
Palavras-chave: dc.subjectPeixe - Criação-
Palavras-chave: dc.subjectPeixe - Parasito-
Palavras-chave: dc.subjectPlantas medicinais-
Palavras-chave: dc.subjectDoenças parasitarias-
Palavras-chave: dc.subjectÓleos vegetais-
Palavras-chave: dc.subjectMedicinal plants-
Título: dc.titlePotencial de óleos essenciais de plantas para o tratamento de enfermidade em peixes-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.