Os desafios para a implantação da política de Saúde do Trabalhador no SUS: o caso da região de Franca-SP

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorLourenço, Edvânia Ângela De Souza-
Autor(es): dc.creatorLacaz, Francisco Antonio De Castro-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:09:56Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:09:56Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-10-01-
Data de envio: dc.date.issued2014-10-01-
Data de envio: dc.date.issued2013-06-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0303-76572013000100008-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/110246-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/110246-
Descrição: dc.descriptionThis article offers theoretical and practical elements for an analysis of the Worker's Health Care Program developed by the Brazilian Unified Health System (SUS). From a determined locus, the region of Franca, State of São Paulo, it aims at identifying the challenges for implementation of the National Occupational Health Policy, due to the particularities of the work/health relationship within the sugarcane agro-industry. It is based on group interviews involving health workers, specifically sanitary inspectors and the worker's health interlocutors. The results showed that health care professionals must be better prepared, from the technical point of view, to be able to perform actions related to workers' health. These results also indicated the need for a greater integration between health services, particularly when damage notification and workers' health surveillance are concerned.-
Descrição: dc.descriptionO artigo oferece subsídios teórico-práticos para a análise da Atenção à Saúde do Trabalhador desenvolvida pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A partir de um lócus determinado, a região de Franca, interior do Estado de São Paulo, busca-se identificar os desafios da implantação da política de saúde do trabalhador frente às especificidades da relação trabalho e saúde na agroindústria canavieira. Toma como referência entrevistas coletivas realizadas com trabalhadores da saúde, especificamente os fiscais sanitários e os interlocutores em saúde do trabalhador. Como resultado, verifica-se a necessidade de maior preparação técnica para os profissionais desenvolverem as ações de saúde do trabalhador e maior integração entre os serviços, sobretudo no que diz respeito às notificações dos agravos e às ações de vigilância em Saúde do Trabalhador.-
Formato: dc.format44-56-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherFundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO-
Relação: dc.relationRevista Brasileira de Saúde Ocupacional-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectsaúde pública-
Palavras-chave: dc.subjectsaúde do trabalhador-
Palavras-chave: dc.subjectvigilância em saúde-
Palavras-chave: dc.subjectnotificação compulsória-
Palavras-chave: dc.subjecttrabalho rural-
Palavras-chave: dc.subjectpublic health-
Palavras-chave: dc.subjectworker's health-
Palavras-chave: dc.subjecthealth surveillance-
Palavras-chave: dc.subjectmandatory notification-
Palavras-chave: dc.subjectrural labor-
Título: dc.titleOs desafios para a implantação da política de Saúde do Trabalhador no SUS: o caso da região de Franca-SP-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.