Infecção por Fusarium graminearum e Fusarium verticillioides em sementes de milho

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorRamos, Dayana Portes-
Autor(es): dc.creatorBarbosa, Rafael Marani-
Autor(es): dc.creatorVieira, Bruno Guilherme Torres Licursi-
Autor(es): dc.creatorPanizzi, Rita De Cássia-
Autor(es): dc.creatorVieira, Roberval Daiton-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:09:27Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:09:27Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-10-01-
Data de envio: dc.date.issued2014-10-01-
Data de envio: dc.date.issued2014-03-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S1983-40632014000100011-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/110062-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/110062-
Descrição: dc.descriptionThe previous knowledge of the infection process and pathogens behavior, for evaluating the physiological potential of maize seeds, is essential for decision making on the final destination of lots that can endanger sowing. This research was carried out in order to study the minimum period required for maize seeds contamination by Fusarium graminearum Schwabe and Fusarium verticillioides (Sacc.) Nirenberg, as well as these pathogens influence on seed germination and vigor, by using the cold test. Three maize seeds hybrids, kept in contact with the pathogens for different periods, were evaluated with and without surface disinfection. After determining the most suitable period, new samples were contaminated by F. graminearum and F. verticillioides, under different infection levels, and subjected to germination tests in sand. The cold test was conducted with healthy and contaminated seeds, at different periods, in a cold chamber. The contact of maize seeds with F. graminearum and F. verticillioides for 16 hours was enough to cause infection. F. graminearum and F. verticillioides did not affect the maize seeds germination, however, F. graminearum reduced the vigor of seeds lots.-
Descrição: dc.descriptionO prévio conhecimento do processo de infecção e do comportamento de patógenos, na avaliação do potencial fisiológico de sementes de milho, é essencial para a tomada de decisão sobre o destino de lotes que podem comprometer a semeadura. Objetivou-se, com este trabalho, determinar o período mínimo necessário para a contaminação de sementes de milho por Fusarium graminearum Schwabe e Fusarium verticillioides (Sacc.) Nirenberg, bem como avaliar a influência destes patógenos na germinação e no vigor de sementes, por meio do teste de frio. Foram utilizadas sementes de três híbridos de milho, as quais entraram em contato com os patógenos em diferentes períodos, avaliados com e sem desinfestação superficial. Após a determinação do período adequado, novas amostras foram contaminadas por F. graminearum e F. verticillioides, sob diferentes níveis de infecção, e submetidas ao teste de germinação em areia. O teste de frio foi realizado com sementes sadias e contaminadas, em diferentes períodos, em câmara fria. O período de 16 horas de contato das sementes de milho com F. graminearum e F. verticillioides foi suficiente para a ocorrência de infecção. F. graminearum e F. verticillioides não interferiram na germinação de sementes de milho, contudo, F. graminearum reduziu o desempenho dos lotes de sementes.-
Formato: dc.format24-31-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherEscola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG-
Relação: dc.relationPesquisa Agropecuária Tropical-
Relação: dc.relation0,346-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectZea mays L.-
Palavras-chave: dc.subjectseed pathology-
Palavras-chave: dc.subjectcold test-
Palavras-chave: dc.subjectZea mays L.-
Palavras-chave: dc.subjectPatologia de sementes-
Palavras-chave: dc.subjectteste de frio-
Título: dc.titleInfecção por Fusarium graminearum e Fusarium verticillioides em sementes de milho-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.