Resposta da função autonômica, transporte mucociliar e potência aeróbia máxima de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica submetidos a um treinamento aeróbio

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorLeite, Marceli Rocha-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:06:27Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:06:27Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-08-13-
Data de envio: dc.date.issued2014-08-13-
Data de envio: dc.date.issued2014-02-18-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/108691-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/108691-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Fisioterapia - FCT-
Descrição: dc.descriptionThe effects of physical training are well established in chronic obstructive pulmonary disease (COPD), it is an essential and mandatory part in pulmonary rehabilitation programs. However, despite the many benefits provided by performing physical exercises, information regarding cardiac autonomic modulation during and after an acute bout of aerobic exercise as well as the influence of a periodization aerobic training in autonomic modulation, mucociliary clearance and aerobic power in COPD is unknown. Aims: This work aimed to evaluate the acute response of cardiac autonomic modulation during and after one session of aerobic exercise in patients with COPD, in addition to analyze the influence of a periodized exercise training in autonomic modulation, and mucociliary transport and aerobic power in patients with COPD. Methods: The experimental protocol for analysis of the acute response of the autonomic modulation was composed by a session of aerobic exercise equivalent to 60% and 90% of velocity corresponding to peak oxygen consuption (vVO2peak). For the analysis of heart rate variability (HRV)...-
Descrição: dc.descriptionO treinamento físico tem efeitos bem estabelecidos na doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), sendo parte essencial e obrigatória nos programas de reabilitação pulmonar. No entanto, apesar dos diversos benefícios promovidos pela realização de exercício físico, informações referentes à modulação autonômica cardíaca durante e após uma sessão aguda de exercício aeróbio, assim como, a influência de um treinamento aeróbio periodizado na modulação autonômica, transporte mucociliar e potência aeróbia máxima na DPOC são desconhecidas. Objetivos: Esta dissertação teve por objetivo avaliar a resposta aguda da modulação autonômica cardíaca durante e após uma sessão de exercício aeróbio em pacientes com DPOC, além de analisar a influência de um treinamento aeróbio periodizado na modulação autonômica, transporte mucociliar e potência aeróbia em pacientes com DPOC. Métodos: O protocolo experimental para análise da resposta aguda da modulação autonômica foi composto por uma sessão de exercício aeróbio com intensidade equivalente a 60% e 90% da velocidade correspondente ao consumo pico de oxigênio (vVO2pico). Para análise da variabilidade da frequência cardíaca (VFC)...-
Formato: dc.format131 f. : il.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectFisioterapia-
Palavras-chave: dc.subjectPneumopatias obstrutivas-
Palavras-chave: dc.subjectSistema nervoso autonomo-
Palavras-chave: dc.subjectMembrana mucosa-
Palavras-chave: dc.subjectPhysical therapy-
Título: dc.titleResposta da função autonômica, transporte mucociliar e potência aeróbia máxima de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica submetidos a um treinamento aeróbio-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.