Influência da atividade das mataloproteinases 2 e 9 na diminuiçao o colágeno tipo I miocárdico em ratos obesos

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorSilva, Danielle Cristina Tomaz da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:06:11Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:06:11Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-08-13-
Data de envio: dc.date.issued2014-08-13-
Data de envio: dc.date.issued2013-02-22-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/108590-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/108590-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Fisiopatologia em Clínica Médica - FMB-
Descrição: dc.descriptionObesity is a chronic metabolic disorder characterized by excessive adipose tissue accumulation in relation to lean tissue. Currently, it is a global epidemic and a major public health problem that affects both developed as well as undeveloped countries. The adipocyte receives influence of several substances and secretes numerous peptides, such as leptin, angiotensin I and II, TGF-β, among others, that act directly or indirectly on the cardiovascular system. Thus, adipose tissue is not simply an energy reservoir, but an active endocrine, paracrine and autocrine organ with multiple functions, able to synthesize and release mediators that participate in many biological processes, including those that occur in the heart. The heart is composed of myocytes, nerves, vessels and extracellular matrix. The main component of matrix is collagen, predominantly type I and III, being type I the most abundant, corresponding to approximately 80% of total myocardial collagen. Collagen is mainly produced by fibroblasts and degraded by metalloproteinases (MMPs). Collagen, in a stable condition, contributes to the maintenance of cardiac architecture and function, however, in response to stimuli triggered by neuro-hormonal and/or mechanical agents, it may change, and this change can be due to increased synthesis and/or decreased degradation, or vice versa. In recent research conducted in our laboratory, we found decreased protein levels of myocardial type I collagen in obese Wistar rats by unsaturated high-fat diet for 30 weeks. Due to the results found in our laboratory and because the literature shows that leptin increases MMP-2 activity and MMP-9 gene expression, the purpose of this study was to test the hypothesis that the reduction of myocardial type I collagen is associated with increased MMPs 2 and 9 activities in obese rats by unsaturated high-fat diet. Thirty-day-old male Wistar rats were randomized into to two groups: control ...-
Descrição: dc.descriptionA obesidade, doença crônica metabólica caracterizada pelo acúmulo excessivo de tecido adiposo em relação à massa magra tecidual, é considerada uma epidemia global e um importante problema de saúde pública, que afeta tanto países desenvolvidos quanto subdesenvolvidos. O adipócito recebe influência de diversas substâncias e secreta inúmeros peptídeos, como leptina, angiotensina I e II, TGF-β, entre outros, que atuam diretamente ou indiretamente no sistema cardiovascular. Assim, o tecido adiposo não é simplesmente um reservatório de energia, mas um ativo órgão endócrino, parácrino e autócrino com múltiplas funções, capaz de sintetizar e liberar mediadores que participam de diversos processos biológicos, incluindo os que ocorrem no coração. O coração é composto por miócitos, nervos, vasos e matriz extracelular. O principal componente da matriz é o colágeno, com predomínio dos tipos I e III, sendo que, o tipo I é o mais abundante, correspondendo á aproximadamente 80% do colágeno total miocárdico. O colágeno é produzido, principalmente, pelos fibroblastos e degradado pelas metaloproteinases (MMPs). O colágeno, em situação estável, contribui para a manutenção da arquitetura e função cardíaca; entretanto, em resposta a estímulos desencadeados por agentes neuro-hormonais e/ou mecânicos, pode sofrer alterações; esta mudança pode ser resultante do aumento da síntese e/ou diminuição da degradação ou vice-versa. Em pesquisa recente realizada em nosso laboratório foi encontrado diminuição dos níveis protéicos de colágeno tipo I miocárdico em ratos Wistar obesos, por dieta hiperlipídica insaturada por 30 semanas, em relação ao grupo controle. Em razão, dos resultados encontrados em nosso laboratório e da literatura mostrar que a leptina aumenta a atividade das MMP-2 e a síntese da expressão gênica da MMP-9, a proposta deste estudo foi testar a hipótese ...-
Formato: dc.format58 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectObesidade-
Palavras-chave: dc.subjectDietas-
Palavras-chave: dc.subjectCoração - Doenças-
Palavras-chave: dc.subjectColageno-
Palavras-chave: dc.subjectRato como animal de laboratorio-
Palavras-chave: dc.subjectLipídios - Distúrbios do metabolismo-
Palavras-chave: dc.subjectLipid Metabolism Disorders-
Título: dc.titleInfluência da atividade das mataloproteinases 2 e 9 na diminuiçao o colágeno tipo I miocárdico em ratos obesos-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.