Avaliação do efeito protetor e cicatrizante do extrato hidroalcóolico de folhas de Solanum paniculatum L. frente á úlceras pépticas

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorRodrigues, Tamires de Souza-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:05:56Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:05:56Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-08-13-
Data de envio: dc.date.issued2014-08-13-
Data de envio: dc.date.issued2013-08-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/108502-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/108502-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Biologia Geral e Aplicada - IBB-
Descrição: dc.descriptionPeptic ulcer disease, which includes gastric and duodenal ulcers, is a chronic disease with multifactorial etiology that affects about 10% of the world population. The biggest cause of the appearance of ulcers occur by endogenous agents (increased secretion of acid and pepsin) or exogenous (Helicobacter pylori, NSAIDs, ethanol, stress, ischemic processes, among others). The treatment of peptic ulcers is made by the use of drugs proton pump inhibitors (such as omeprazole and lansoprazole) and histamine receptor blockers (such as cimetidine and ranitidine). However, these drugs have harmful side effects and are not able to promote the healing of gastric mucosa efficiently, which usually causes disease relapse. The search for new substances for treating this disease involves the use of natural products. Solanum paniculatum L., target species of this study, is cited for antiulcerogenic properties and is present in RENISUS, however, there are few studies that elucidate their pharmacological properties against this disease. Therefore, the aim of this study was to evaluate the gastroprotective and healing effect of the hydroalcoholic extract of the leaves of S. paniculatum (EHSPFl) against the experimental peptic ulcers. Was observed that EHSPFl presents significant gastroprotective effect against ethanol and indomethacin (NSAIDs) damaging agents and the acute ischemia and reperfusion, with the effective dose of 62.5mg/Kg. The extract acts in gastroprotection by both local and systemic action, being able to reduce the levels of LPO, increased mucus production and reduce neutrophil infiltration, in addition to acting via modulation of NO. However, the extract was unable to restore the levels of GSH, SOD and CAT in acute models, and did not decreased acid secretion. In the curative model of gastric ulcers induced by ischemia and reperfusion, we observed effective protection of EHSPFl with reduced LPO and MPO, increased ...-
Descrição: dc.descriptionDoença ulcerosa péptica, que engloba úlceras gástricas e duodenais, é uma doença crônica com origem multifatorial que acomete cerca de 10% da população mundial. As maiores causas do surgimento de úlceras ocorrem por agentes endógenos (aumento na secreção ácida e de pepsina) ou exógenos (Helicobacter pylori, DAINEs, etanol, estresse, processos isquêmicos, dentre outros). O tratamento de úlceras pépticas é feito pelo uso de medicamentos inibidores da bomba protônica (como lansoprazol e omeprazol) e bloqueadores de receptores histaminérgicos (como cimetidina e ranitidina). Entretanto, estas drogas possuem efeitos adversos prejudiciais e não são capazes de promover a cicatrização da mucosa gástrica de maneira eficiente, o que provoca comumente recidiva da doença. A busca por novas substâncias para o tratamento desta doença envolve o uso de produtos naturais. Solanum paniculatum L., espécie-alvo deste estudo, é citada por suas propriedades antiulcerogênicas e está presente na RENISUS, porém, existem poucos estudos que elucidam suas propriedades farmacológicas no combate desta doença. Portanto o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito gastroprotetor e cicatrizante do extrato hidroalcóolico de folhas de S. paniculatum (EHSPFl) frente à úlceras pépticas experimentais. Foi observado que o EHSPFl apresenta significativo efeito gastroprotetor frente aos agentes lesivos etanol e indometacina (DAINE) e ao processo agudo de isquemia e reperfusão tecidual, com a dose efetiva de 62.5mg/Kg. O extrato atua na gastroproteção tanto por ação local quanto sistêmica, sendo capaz de reduzir os níveis de LPO, aumentar a produção de muco e reduzir a infiltração de neutrófilos, além de atuar via modulação do NO. No entanto, o extrato não foi capaz de restabelecer os níveis de GSH, CAT e SOD nos modelos agudos, além de não diminuir a secreção ácida. No modelo curativo de indução de ...-
Formato: dc.format137 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectMedicamentos - Pesquisa-
Palavras-chave: dc.subjectFarmacologia-
Palavras-chave: dc.subjectcicatrizantes-
Palavras-chave: dc.subjectUlcera peptica-
Palavras-chave: dc.subjectPlantas medicinais-
Palavras-chave: dc.subjectMatéria médica vegetal-
Palavras-chave: dc.subjectASSUNTO EM INGLES-
Título: dc.titleAvaliação do efeito protetor e cicatrizante do extrato hidroalcóolico de folhas de Solanum paniculatum L. frente á úlceras pépticas-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.