A trágica sustentabilidade em um mundo sem transcendência

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCabral, Fátima Aparecida-
Autor(es): dc.creatorMorales, Lúcia Arrais-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:05:21Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:05:21Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-24-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-24-
Data de envio: dc.date.issued2010-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://seer.fclar.unesp.br/perspectivas/article/view/4102-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/108192-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/108192-
Descrição: dc.descriptionAs autoras discutem a questão da sustentabilidade a partir da reportagem de um casamento realizado na Avenida Paulista e definido como ecologicamente correto. Elas demonstram como esse acontecimento está contido numa escala mais ampla. Argumentam que a racionalidade capitalista presente na lógica da competitividade e do desperdício é a mesma no comando do ideário da sustentabilidade do movimento ambientalista. Munidas de um conjunto de dados referentes à ação de grupos legais e ilegais, mostram como a prática da sustentabilidade abre novas e lucrativas frentes de acumulação enquanto contribui para o agravamento dos danos irreversíveis ao meio-ambiente. Concluem que, além da impossibilidade do modelo capitalista deter o atual processo de destruição das condições de vida no planeta, somente a associação internacional dos movimentos sociais emancipadores poderá criar ações para uma radical mudança de rumo.-
Descrição: dc.descriptionThe authors discuss the question of sustainability from a newspaper report about a wedding carried out at Avenida Paulista and conceived as a correct ecological act. They show how this happening is contained in a wider scale. They argue that the capitalistic rationality that is present in the logic of competition and wastefulness is the same one on the command of the sustainability idea produced by environmental movements. Supplied by a set of data relating to the action of legal and illegal groups, they show how the practice of sustainability opens up to new and profits ways of accumulate while contributes to worsen the irreversible injuries to environment. They say in conclusion that, besides the impossibility of the capitalistic model to stop the present destruction of life’s condition on earth, only the international gathering of emancipationist social movements will be able to generate actions to a radical drift’s changing.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Relação: dc.relationPerspectivas: Revista de Ciências Sociais-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectRacionalidade capitalista-
Palavras-chave: dc.subjectAnarquia da produção-
Palavras-chave: dc.subjectFalha metabólica-
Palavras-chave: dc.subjectSustentabilidade-
Palavras-chave: dc.subjectCapitalistic rationality-
Palavras-chave: dc.subjectAnarchy of the production-
Palavras-chave: dc.subjectMetabolic fail-
Palavras-chave: dc.subjectSustainability-
Título: dc.titleA trágica sustentabilidade em um mundo sem transcendência-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.