UTILIZAÇÃODETÉCNICASDEFOTOINTERPRETAÇÃO NA COMPARTIMENTAÇÃO FISIOGRÁFICA DO MUNICÍPIO

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorOliveira, Thomaz Alvisi de-
Autor(es): dc.creatorRiedel, Paulina Setti-
Autor(es): dc.creatorVedovello, Ricardo-
Autor(es): dc.creatorSouza, Célia Regina de Gouveia-
Autor(es): dc.creatorBrollo, Maria José-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:02:36Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:02:36Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-24-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-24-
Data de envio: dc.date.issued2007-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/geociencias/article/view/1704-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/106854-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/106854-
Descrição: dc.descriptionEste artigo apresenta informações sobre o meio físico obtidas por meio da compartimentação fisiográfica em uma imagem Landsat 7 ETM+, visando o planejamento territorial do Município de Cananéia, no litoral sul do estado de São Paulo. Os compartimentos fisiográficos foram identificados a partir de diferentes níveis hierárquicos de classificação por meio da análise dos elementos texturais de relevo e drenagem, posteriormente associados às informações referentes aos mapeamentos geológicos e geomorfológicos já existentes, aliados a trabalho de campo. O produto final, um mapa de Unidades Básicas de Compartimentação (UBCs), serviu para nortear considerações referentes aos processo de expansão urbana municipal. A metodologia utilizada mostrou-se com potencial de aplicação em outros estudos relacionados ao meio físico, sendo necessária apenas a adequação dos dados a serem trabalhados. Palavras-chave: Compartimentação fisiográfica, planejamento territorial, sensoriamento remoto.-
Descrição: dc.descriptionThis paper presents information about the environment obtained by means of the physiographic compartimentation on a Landsat 7 ETM+ image, to contribute for the territorial planning of the city of Cananéia, in the southern coast of the São Paulo State. The physiographic compartments were identified from different hierarchic classification levels using the analysis of relief and drainage textural elements on the image; the data were associated to the pre-existent geologic and geomorphologic information, and with field checking. The final product, the map of Basic Units of Compartimentation (BUCs) may be used to guide the process of urban expansion. This methodology revealed potentiality for other applications in environmental studies, with the adequate selection of criteria for each case. Keywords: Physiographic compartimentation, territorial planning, remote sensing.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Relação: dc.relationGeociências-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectSensoriamento Remoto-
Palavras-chave: dc.subjectPalavras-chave: Compartimentação fisiográfica-
Palavras-chave: dc.subjectplanejamento territorial-
Palavras-chave: dc.subjectsensoriamento remoto-
Título: dc.titleUTILIZAÇÃODETÉCNICASDEFOTOINTERPRETAÇÃO NA COMPARTIMENTAÇÃO FISIOGRÁFICA DO MUNICÍPIO-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.