Avaliação da influência da orientação nutricional e do tratamento medicamentoso na recorrência da litíase urinária

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorDamasio, Patrícia Capuzzo Garcia-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:02:14Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:02:14Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2013-01-25-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/106689-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/106689-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Bases Gerais da Cirurgia - FMB-
Descrição: dc.descriptionA itíase urinária é a terceira causa mais comum de afeção do trato urinário. A orientação dietética e o tratamento medicamentoso específico são importantes na recorrência da litíase e, portanto, mudar a dieta e seguir o tratamento farmacológico específico pode prevenir a sua recorrência. Avaliar a influência da orientação nutricional e do tratamento medicamentoso na recorrência da litíase urinária. A partir do nosso registro de pacientes com litíase recorrente foram selecionados 57 que tiveram pelo menos 5 anos de seguimento. Intervenção: Durante o acompanhamento dos pacientes foram avaliados os seguintes parâmetros: questionário clínico, investigação metabólica e avaliação por imagem (ultra-sonografia e/ou raio-X simples de abdome). Todos os pacientes foram orientados a controlar a ingestão de proteína (entre 0,8 a 1g/Kg peso corporal/dia) e adequar a ingestão de cálcio (entre 800 a 1000 mg/dia), levando-se em consideração o registro alimentar de 3 dias. A restrição de sal (menor que 5 g/dia) foi realizada tendo como referência a variação do sódio excretado na urina de 24h. Durante o acompanhamento os pacientes receberam ainda orientações dietéticas e farmacológicas específicas de acordo com o distúrbio metabólico identificado. 56% dos pacientes eram sexo masculino e a média do IMC no pré-tratamento foi de 27,8 kg/m², observando-se uma correlação positiva entre o número médio de cálculos formados por ano no pré-tratamento e IMC (p=0,012) Notamos uma diminuição significativa do cálcio, sódio e ácido úrico na urina de 24 horas no pós tratamento em comparação ao período inicial. Observamos um aumento significativo do citrato na urina de 24 horas no pós-tratamento. O nº de cálculos formados durante seguimento de 5 anos, diminuiu significativamente em relação ao pré tratamento...-
Descrição: dc.descriptionUrinary tract lithiasis is the third most common cause of urinary tract affection. Dietary factors have great importance in the formation of urolithiasis; therefore, changing the diet and specific pharmacological treatment can prevent its recurrence. Evaluate the influence of clinical therapy associated to nutritional orientation in the recurrence of urolithiasis. From our registry of patients with recurrent lithiasis we selected 57 who had at least 5-years of follow-up. We used the protocol composed by 2 non-consecutive urine samples of 24h and was performed: Ca, Na, uric acid, citrate, oxalate, Mg and urinary volume assessments. In the pre treatment the lithiasis clinical questionary and after five years was care out using abdomen x-ray and/or ultrasound. Individualized dietary orientation consisted of: to increase fluid intake (enough to form ≥ 2 L / day); sodium ingestion <5 g / day and protein intake range between 0.8 - 1 g / kg body weight / day, and the adequate calcium intake (800 to 1000 mg / day). During the follow-up of patients, specific and individualized dietary orientation was performed according to the diagnosed metabolic disorder. Patients received specific pharmacological treatment according to the metabolic alteration. 54% were male. In average the BMI was 27 kg / m2. It was observed that according to BMI classification, the patients were overweight. Urinary excretion of calcium, uric acid and sodium decreased significantly after 5 years of follow-up. The number of stones formed in the 5- year follow-up decreased significantly compare to pre treatment. Individualized dietary orientation and pharmacological... (Complete abstract click electronic access below)-
Formato: dc.format83 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectRins - Calculos-
Palavras-chave: dc.subjectHabitos alimentares-
Palavras-chave: dc.subjectAconselhamento em nutrição-
Palavras-chave: dc.subjectMedicamentos-
Palavras-chave: dc.subjectAparelho urinario - Doenças - Tratamento-
Palavras-chave: dc.subjectUrinary organs - Diseases-
Palavras-chave: dc.subjectDrugs-
Título: dc.titleAvaliação da influência da orientação nutricional e do tratamento medicamentoso na recorrência da litíase urinária-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.