Estudo da morfologia funcional reprodutiva e desenvolvimento larval em laboratório de Stenopus hispidus(Olivier, 1811) (Crustacea, Decapoda, Stenopodidea)

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorGregati, Rafael Augusto-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:01:45Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:01:45Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2009-07-31-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/106516-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/106516-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB-
Descrição: dc.descriptionA hipótese de que a deposição espermática e a fecundação no camarão Stenopus hispidus ocorrem externamente ao corpo foram testadas, baseando-se no comportamento reprodutivo em laboratório e na anatomia reprodutiva. Para isso, 12 casais adultos foram mantidos em aquários interligados, em salinidade 35%o, temperatura 26°C, fotoperíodo 12 horas e alimentados com ração industrializada para peixes. 0 comportamento reprodutivo foi filmado e fêmeas recém-copuladas tiveram os esternos analisados. Posteriormente, os casais foram anestesiados e dissecados para a descrição da forma e localização das gônadas e pleópodos. O aparelho reprodutivo (AR) de ambos os sexos, esternos, genitálias e primeiro pleópodo também foram preparados e fotografados em microscopia eletrônica de varredura. A cópula ocorre quando a fêmea está em pós-muda, e espermatozóides puderam ser observados em seus esternos somente fazendo-se um esfregaço em lâmina. Apenas o primeiro pleópodo e masculino parece estar envolvido na cópula, já que é diferenciado dos demais. 0 AR masculino é reduzido e restrito à carapaça, com testículos lobulados e vasos deferentes não enovelados, abrindo-se na base do 5° pereiópodo. 0 AR feminino é bem desenvolvido, com o ovário ocupando grande parte da carapaça e alcançando até o terceiro somito abdominal; os ovidutos são curtos e sem estrutura aparente para estocagem de espermatozóides. As fendas genitais femininas se abrem na base do terceiro par de pereiópodos e são circundadas por cerdas plumosas, comuns também nos esternitos torácicos. Assim, o macho deposita uma massa espermática simples na região ventral da fêmea, e a fecundação ocorre no momenta da exteriorização dos oócitos maduros-
Descrição: dc.descriptionReproductive morphology and sperm transfer in Stenopus hispidus (Olivier, 11) (Crustacea, Decapoda, Stenopodidae). The hypothesis that the deposition of sperm and fertilization in the shrimp Stenopus hispidus occurs externally of the body were tested, based on reproductive behavior in the laboratory and reproductive anatomy. For this, 12 adult pairs were kept isolated on interconnected aquaria with salinity 35%o, temperature 26°C, photoperiod 12 hours and daily fed with ornamental fish food. The reproductive behavior was taken with video camera and females had the sternum analyzed after mate. After that, the shrimps were anesthetized and dissected to describe the shape and location of the gonads and pleopods morphology. The reproductive systems (RS), sternum, first pleopods and genitalia were prepared and photographed by scanning electron microscopy. The mating occurs when the female was in pos-molt, and spermatozoa were seen in their sternum only by microscope slide smear preparation. Only the first male pleopod seems to be involved in the mating, since it is different from the others. The male RS is reduced and restricted to the carapace, with lobulated testis and vas deferens not convolute, opening in the 5th pereiopod basis. The female RS is well developed, with the ovary occupying much of the carapace and reaching the third abdominal segment; the oviduct is short and without apparent structure for sperm storage. The female genitalia open at third pereiopod basis and are surrounded by dense plumose setae, common also in the sternites. Thus, the male deposits a simple spermatophoric mass in the ventral region of the female and the fertilization occurs at the moment of the mature oocytes exteriorization-
Formato: dc.format127 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectDecapoda (Crustacea) - Reprodução-
Palavras-chave: dc.subjectZoologia-
Palavras-chave: dc.subjectStenopodidea-
Palavras-chave: dc.subjectSperm transfer-
Palavras-chave: dc.subjectReproductive behavior-
Título: dc.titleEstudo da morfologia funcional reprodutiva e desenvolvimento larval em laboratório de Stenopus hispidus(Olivier, 1811) (Crustacea, Decapoda, Stenopodidea)-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.