Influência dos distúrbios hiperglicêmicos na função do assoalho pélvico na gestação

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorSousa, Vanessa de Oliveira-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:01:21Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:01:21Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2013-03-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/106371-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/106371-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia - FMB-
Descrição: dc.descriptionO assoalho pélvico (AP) pode sofrer alterações nas diferentes fases da vida da mulher que podem predispor à ocorrência de Incontinência Urinária (IU). Apesar das evidências que associam a ocorrência de IU ao diabete, pouco se sabe dos mecanismos pelos quais o diabete leva à IU. Objetivo: verificar a associação entre a ocorrência de IU e função muscular do AP com os distúrbios hiperglicêmicos gestacionais. Materiais e Métodos: As gestantes foram avaliadas em dois momentos. O primeiro momento (M1) entre a 24a e 32a, e o segundo (M2) entre a 34ª e 38a semanas gestacionais. A análise estatística foi realizada com nível de significância de 5%. Resultados: As hiperglicêmicas apresentaram idade cronológica e gestacional mais avançadas, além de menor estatura. Houve diferença significativa na distribuição peso-altura entre os grupos no M1. Não houve diferença entre os grupos, no M2 quanto à ocorrência de IU. Na análise intergrupos da palpação vaginal, observamos redução da força muscular, enquanto que algumas mantiveram ou aumentaram. Na comparação das avaliações com perineômetro e eletromiógrafo, entre e intragrupos, nos grupos, não houve diferenças significativas. Conclusão: Devido às limitações do estudo, principalmente a dificuldade de conscientização e aprendizado da contração do AP, ressaltamos a importância de estudos nessa área, e padronização dos métodos de avaliação, para possivel comparação com diferentes estudos, tendo em vista à qualidade de vida da gestante-
Descrição: dc.descriptionThe pelvic floor (PF) can suffer alterations in the different stages of women life that may predispose to the Urinary Incontinence (UI). Despite the evidences which associate the UI to the diabetes, there is little information about the mechanisms which take diabetes to the UI. Objective: to analyze the association between the UI occurrence and the PF muscle function with the gestational hyperglycemic disorders. Material and Methods: the pregnant women were evaluated in two moments. The first moment (M1) was between the 24th and 32nd, and the second one (M2) was between the 34th and 38th gestational week. The statistical analysis was realized considering 5% relevance. Results: The hyperglycemic ones presented more advanced chronological and gestational ages, besides they were shorter. There was relevant difference in the weight-height distribution between the groups in the M1. There was no difference between the groups in the M2 considering the UI occurrence. In the intergroup analysis of digital palpation, muscle strength reduction was observed, although for some there was an increase and some kept the same. In the comparison of the evaluations with perineometer and electromyographer, inter and intra groups, there were no relevant differences. Conclusion: Due to the limitations of the study, mainly the awareness and learning of the PF contraction difficulty, we emphasize the importance of developing studies in this area and standardization of the evaluation methods to enable the comparisons with different studies aiming the pregnant women life quality-
Formato: dc.format75 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectMulheres grávidas - Doenças-
Palavras-chave: dc.subjectIncontinência urinária-
Palavras-chave: dc.subjectHiperglicemia-
Palavras-chave: dc.subjectDiabetes-
Palavras-chave: dc.subjectDiafragma da pelve-
Palavras-chave: dc.subjectUrinary incontinence-
Título: dc.titleInfluência dos distúrbios hiperglicêmicos na função do assoalho pélvico na gestação-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.