Máquinas desejantes e presente histórico: as crônicas de Clarice Lispector

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorFerraz, Denise de Sampaio-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:01:13Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:01:13Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2010-03-08-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/106322-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/106322-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Letras - IBILCE-
Descrição: dc.descriptionPretendemos, no presente trabalho de tese, retomar aspectos da literatura de Clarice Lispector que permaneceram, apesar dos anos, obscuros. Para tanto, selecionamos como corpus de estudo a coletânea de crônicas publicadas pela autora, no Jornal do Brasil, entre agosto de 1967 e dezembro de 1973. Essas crônicas estão reunidas no livro A descoberta do mundo (1999). Nas décadas de 60 e 70, suas obras foram consideradas alienadas do processo histórico. Essa questão é revista por Clarice quando escreve para o jornal. Nas crônicas, essa problemática traz, para a economia do texto, uma figura aparentemente alheia: a figura da empregada. Essa figura encena as estratégias utilizadas pela autora para responder ao presente histórico.-
Descrição: dc.descriptionThe objective of this thesis is to re-examine aspects of the literature of Clarice Lispector which, despite the passage of time, have remained obscure. For this purpose we selected as a corpus for study the collection of chronicles published by the author in the Jornal do Brasil, from August 1967 to December 1973. These chronicles are collected in the book A descoberta do mundo (1999). In the 1960s and 70s, Lispector´s work was considered to be distant from the historical process. This question is re-examined by Lispector herself in her writing for the newspaper. In the chronicles, this problematic area brings, for the economy of the text, an apparently inappropriate character: that of the domestic servant. This character acts out the strategies utilised by the author to respond to the historical present.-
Formato: dc.format173 f. : il.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectLispector, Clarice, 1925-1944 - Crítica e interpretação-
Palavras-chave: dc.subjectLiteratura brasileira - História e crítica-
Palavras-chave: dc.subjectCronicas brasileiras - História e crítica-
Palavras-chave: dc.subjectLiteratura e história-
Palavras-chave: dc.subjectPolitica e literatura-
Palavras-chave: dc.subjectHistorical present-
Palavras-chave: dc.subjectAlterity-
Palavras-chave: dc.subjectDesire-filled machines-
Título: dc.titleMáquinas desejantes e presente histórico: as crônicas de Clarice Lispector-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.