Armazenamento refrigerado e processamento mínimo de alface americana cultivada em hidroponia com diferentes doses de silício

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorGalati, Vanessa Cury-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:01:11Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:01:11Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2013-08-13-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/106311-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/106311-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV-
Descrição: dc.descriptionEste trabalho teve por objetivo verificar a aplicação de silício em hidroponia e na influencia na produção e na conservação pós-colheita de alface americana cv. Lucy Brown, em ambiente refrigerado e minimamente processado. No primeiro experimento foi realizada sua produção hidropônica com doses crescentes de silício (0; 28; 56 e 84 mg L-1) utilizando como fonte silicato de potássio, e avaliadas quanto à massa fresca, massa seca, teor de silício e de macronutrientes. No segundo experimento, alfaces produzidas em hidroponia com silício (condições do primeiro experimento) foram armazenadas a 8 °C, 80±3%UR e 22 °C, 80±3%UR, e avaliadas quanto, perda de massa fresca, firmeza, aos teores de clorofila, sólidos solúveis e de acidez titulável, pH, atividade das enzimas peroxidase, polifenoloxidase e fenilalanina amônia-liase. No terceiro experimento, após a produção hidropônica, as alfaces foram submetidas ao processamento mínimo, embaladas, armazenadas a 3 °C, 85±3% UR e avaliadas a cada quatro dias quanto aos teores de O2 e CO2 nas embalagens, sólidos solúveis, e acidez titulável, e clorofila, firmeza e atividade das enzimas peroxidase e polifenoloxidase. A concentração de 84 mg L-1 de Si proporcionou maior absorção de silício e massa fresca para as alfaces. As folhas velhas apresentaram maior teor de silício quando comparada com as folhas novas. A associação da dose de 84 mg L-1 de Si com a temperatura de 8 ºC propiciaram maior firmeza das folhas, menor perda de massa fresca e baixa atividade das enzimas polifenoloxidase e peroxidase durante o período. A concentração de 84 mg L-1 de silício aumentou a firmeza das folhas e manteve constante os teores de clorofila nas alfaces minimamente processadas conservando sua vida útil por 16 dias-
Descrição: dc.descriptionThis study aimed to verify the application of silicon in hydroponics and influence the production and postharvest of lettuce cv. Lucy Brown in refrigerated environment and minimally processed. The first experiment was conducted hydroponic production with increasing concentration of silicon (0, 28, 56 and 84 mg L- 1) using as source of potassium silicate, and assessed for fresh weight, dry weight, silicon and macronutrients content. In the second experiment, lettuce grown in hydroponics with silicon (conditions of the first experiment) were stored at 8 °C, 80 ± 3% RH and 22°C, 80 ± 3% RH, and evaluated, weight loss, firmness, chlorophyll, soluble solids and titratable acidity contents , pH, activity of peroxidase, polyphenoloxidase and phenylalanine ammonia lyase. In the third experiment, after producing hydroponic lettuce were subjected to minimal processing, packaged, stored at 3 °C, 85 ± 3% RH and evaluated every four days for the levels of O2 and CO2 in packaging, soluble solids, and titratable acidity, and chlorophyll, firmness and activity of peroxidase and polyphenoloxidase. The concentration of 84 mg L-1 of Si provided greater absorption of silicon and fresh weight for lettuce. Old leaves had higher silicon content compared to new leaves. The association of the dose of 84 mg L-1 of Si with temperature of 8 °C promoted greater firmness of leaves, lower weight loss and low activity of polyphenoloxidase and peroxidase enzymes during the period. The concentration of 84 mg L-1 silicon increased firmness of the leaves and kept constant the concentration of chlorophyll in minimally processed lettuce conserving its life for 16 days-
Formato: dc.formatxiii, 60 p. : il.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectAlface - Cultivo-
Palavras-chave: dc.subjectHidroponia-
Palavras-chave: dc.subjectRefrigeração-
Palavras-chave: dc.subjectMinimamente processado-
Palavras-chave: dc.subjectSilício na agricultura-
Palavras-chave: dc.subjectAlimentos - Armazenamento-
Palavras-chave: dc.subjectSilicon in agriculture-
Título: dc.titleArmazenamento refrigerado e processamento mínimo de alface americana cultivada em hidroponia com diferentes doses de silício-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.