Independência funcional de idosos no pós-operatório de cirurgia de fêmur proximal: papel do cuidador

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorÁvila, Marla Andreia Garcia de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:00:23Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:00:23Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2013-04-22-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/106046-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/106046-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Saúde Coletiva - FMB-
Descrição: dc.descriptionQuedas em idosos devem ser consideradas evento sentinela na vida dos mesmos e, como consequência, têm-se as fraturas de fêmur proximal, evento que influi diretamente na vida do binômio idoso-cuidador familiar. Têm etiologia multicausal e podem ser atribuídas a fatores extrínsecos (ambiente, tipo de moradia, renda mensal e fatores culturais) e intrínsecos (faixa etária mais elevada, redução da função dos sistemas que compõem o controle postural, doenças, transtornos cognitivos e comportamentais, incapacidade em manter ou para recuperar o equilíbrio e não realização de atividades de fortalecimento muscular). Analisar a produção científica acerca da influência do cuidador sobre a recuperação da independência funcional de idosos em pós-operatório de cirurgia de fêmur proximal. Estudar a relação entre equilíbrio e independência funcional e a relação entre os incentivos (movimentação, autocuidado e lazer) e a independência funcional desses idosos. Estudar a relação entre conhecimento sobre a prevenção de quedas e o emprego do mesmo no cotidiano. Utilizou-se de pesquisa integrativa da literatura para alcançar o primeiro objetivo e, no segundo, de pesquisa epidemiológica transversal analítica, realizada de novembro de 2011 a outubro 2012. Considerando que a influência do cuidador na recuperação da independência funcional de idosos é desconhecida, utilizou-se uma prevalência de 50%. Como no ano de 2010 foram realizadas 1.526 cirurgias ortopédicas, correção para a população finita aplicada ao tamanho amostral encontrou um mínimo de 90 sujeitos. Foram incluídos no estudo idosos (≥ 60 anos) submetidos à cirurgia para correção de fratura de fêmur proximal, em decorrência de queda de baixa energia e recebida autorização médica de deambular há pelo menos um mês, assim como seus cuidadores informais. Os idosos eram 67,4% do sexo feminino,...-
Descrição: dc.descriptionFalls in elderly people should be considered sentinel events in their lives. Consequences include proximal femoral fractures, events that directly influence the lives of the elderly and their family caregivers. Their causes are multiple and can be attributed to extrinsic (environment, housing type, monthly income and cultural factors) and intrinsic (more advanced age range, functional reduction in postural control systems, illnesses, cognitive and behavioral disorders, incapacity to maintain or recover balance and non-accomplishment of muscle strengthening activities) factors. To investigate scientific production about the caregivers’ influence on the recovery of functional independence in elderly people after a proximal femoral surgery. To study the relation between balance and functional independence and the relation between incentives (movement, self-care and leisure) and these elderly people’s functional independence. To study the relation between knowledge on falls prevention and its use in daily life. An integrative literature review was used to reach the first objective. To achieve the second, an analytic cross-sectional epidemiological research was carried out between November 2011 and October 2012. As the caregivers’ influence on the recovery of elderly people’s functional independence is unknown, the prevalence rate was set at 50%. Considering that 1,526 orthopedic surgeries were accomplished in 2010, a correction for the finite population applied to the sample size resulted in a minimum of 90 subjects. Inclusion criteria were: elderly people (≥ 60 years) Submitted to proximal femoral fracture surgery, due to low-energy falls, who had received medical authorization to walk at least one month earlier, as well as their informal caregivers. Among the elderly patients, 67.3% were female, 46.1% aged≥ 80 years and 57.3% submitted to osteosynthesis. The ...(Complete abstract click electronic access below)-
Formato: dc.format107 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectIdosos-
Palavras-chave: dc.subjectEnvelhecimento-
Palavras-chave: dc.subjectFemur - Fraturas-
Palavras-chave: dc.subjectQuedas (Acidentes)-
Palavras-chave: dc.subjectCuidadores-
Palavras-chave: dc.subjectOlder people-
Título: dc.titleIndependência funcional de idosos no pós-operatório de cirurgia de fêmur proximal: papel do cuidador-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.