Efeito de dentifrícios com concentração reduzida de fluoreto suplementados com polifosfatos na incidência de lesões de cárie dentária e na ingestão de fluoreto: estudo clínico longitudinal em crianças

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorFreire, Isabelle Rodrigues-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:00:23Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:00:23Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2012-02-06-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/106045-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/106045-
Descrição: dc.descriptionFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Ciência Odontólogica - FOA-
Descrição: dc.descriptionO objetivo do presente estudo foi avaliar (1) o efeito anticárie de dentifrícios com concentração reduzida de fluoreto (DCRFs) suplementados com polifosfatos e (2) a concentração de fluoreto (F) nas unhas das mãos e pés de bebês após o uso de DCRFs. No primeiro estudo, crianças provenientes de creches dos municípios de Araçatuba e Fernandópolis (Estado de São Paulo), com idade média de 48 meses, foram aleatoriamente divididas em três grupos, de acordo com os dentifrícios a serem utilizados (protocolo duplo-cego): 500 ppm F com 1% de trimetafosfato de sódio (“500 TMP”, n=206), 500 ppm F com 0,25% de glicerofosfato de cálcio (“500 GPCa”, n=193) e 1100 ppm F (n=201). Exames clínicos (ceo-s) foram realizados no início e aos 18 meses do estudo, e o incremento de lesões de cárie (IC) foi calculado para crianças com e sem experiência prévia de cárie (EC). Para o segundo estudo, crianças (18 a 30 meses de idade, n=56) sem uso prévio de dentifrícios fluoretados, provenientes de um programa preventivo para bebês, fizeram uso dos dentifrícios supramencionados. Unhas das mãos e pés foram coletadas mensalmente, durante 12 meses, a partir do início do uso dos dentifrícios. O F ingerido a partir da água, dieta e dentifrício também foram determinados. As análises foram realizadas com um eletrodo íon-seletivo, após difusão facilitada por HMDS ou pelo método direto, de acordo com as amostras. Os dados foram submetidos a ANOVA a 1 critério (ingestão de F pela água) e 2 critérios (IC, concentração de F nas unhas e ingestão de F pela dieta), seguida do teste de Student-Newman-Keuls (p < 0,05). O IC foi significativamente menor com o uso do dentifrício 500 TMP (p < 0,05), tendo os dentifrícios 1100 ppm F e 500 GPCa apresentado IC similares (p=0,275). Não houve diferenças significativas...-
Descrição: dc.descriptionThe aim of the present study was to assess (1) the anticaries effect of low-fluoride dentifrices (LFDs) supplemented with polyphosphates and (2) fluoride (F) concentrations in fingernails and toenails of babies after the use of LFDs. In the first study, children attending day care centers from the cities of Araçatuba and Fernandópolis (State of São Paulo, Brazil), with average age of 48 months, were randomly assigned to 3 different groups (double-blind protocol), according to the dentifrices to be used: 500 ppm F with sodium trimetaphosphate (“500 TMP”, n=206), 500 ppm F with 0,25% calcium glycerophosphate (“500 CaGP”, n=193) and 1100 ppm F (n=201). Clinical examinations (dmfs) were done at the beginning and 18 months after using the dentifrices, and caries increment (CI) was calculated for children with and without previous caries experience (CE). For the second study, children (18 to 30 months old, n=56), without previous contact with fluoridated dentifrices and who attended a preventive program directed to babies, were randomly assigned to the above-mentioned dentifrices (double-blind protocol). Fingernails and toenails were monthly clipped from the beginning of the study for up to 12 months. F intake from water, diet and dentifrice was also determined. F analyses were carried out with an ion-selective electrode after HMDS-facilitated diffusion or by the direct method, depending on the sample. Data were submitted to 1-way (F intake from water) or 2-way (CI, F concentrations in nails and F intake from the diet) ANOVA, followed by Student-Newman-Keuls test (p<0.05). CI was significantly lower for children using the 500 TMP dentifrice (p<0.05), with similar values for the 1100 ppm F and 500 CaGP dentifrices (p=0.275). No significant... (Complete abstract click electronic access below)-
Formato: dc.format90 f : il. + 1 CD-ROM-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectCáries dentárias-
Palavras-chave: dc.subjectDentifrícios-
Palavras-chave: dc.subjectFluoretos-
Palavras-chave: dc.subjectPolifosfatos-
Palavras-chave: dc.subjectUnhas-
Palavras-chave: dc.subjectCrianças-
Palavras-chave: dc.subjectDental caries-
Título: dc.titleEfeito de dentifrícios com concentração reduzida de fluoreto suplementados com polifosfatos na incidência de lesões de cárie dentária e na ingestão de fluoreto: estudo clínico longitudinal em crianças-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.