Efeitos das catecolaminas sobre a reposição volêmica com solução fisiológica. Repercussão sobre a variabilidade da frequência cardíaca de coelhos submetidos à hemorragia: estudo por análise espectral

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorMoraes, José Mariano Soares de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:00:17Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:00:17Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2011-07-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/106010-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/106010-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Anestesiologia - FMB-
Descrição: dc.descriptionEfeitos das catecolaminas sobre a reposi çãoo vol êmica com solu ção fisiol ógica. Repercuss ão sobre a variabilidade da frequ ência card íaca de coelhos submetidos à hemorragia. Estudo por an álise espectral. Verificar os efeitos de diferentes catecolaminas sobre a expans ão volê mica e sobre o sistema nervoso autonô mico em coelhos submetidos à hemorragia. Foram estudados 24 coelhos, submetidos à hemorragia (25% da volemia), distribu ídos aleatoriamente em quatro grupos experimentais, conforme o tipo de reposi ção vol êmica realizada. Grupo HEMO - reposi ção com o pr óprio sangue com volume igual ao retirado. Grupo SF - reposiçã o com solu çã o fisiol ógica (SF) em volume correspondente a tr ês vezes o volume de sangue retirado. Grupo ISP - reposi ção com SF em volume correspondente a tr ês vezes o volume de sangue retirado, e Isoprenalina na dose de 0,1 g.kg-1.min-1, e Grupo FNL – reposi çã o com SF em volume correspondente a tr ês vezes o volume de sangue retirado, e Fenilefrina na dose de 3,0 g.kg-1.min-1. Durante o experimento, foram monitoradas as seguintes vari áveis: hemató crito (para avalia çã o da retençã o intravascular da soluçã o cristaloide), diurese, press ção venosa central (PVC) e pressão arterial mé dia (PAM). Tamb ém foi feito o registro cont ínuo da onda da press ão arterial donde analisando-se o pico sist ólico aferiu-se a variabilidade da frequ ência card íaca (VFC) nos per íodos correspondentes à: basal, hemorr ágico, infus ção de catecolaminas e controle pó s-reposi ção vol êmica. A reposi çã o com SF associado a catecolaminas α ou β agonistas n ão demonstrou diferen ças no que tange reten ção intravascular comparando-se reposi çã o isolada com SF. A diurese total foi maior no grupo FNL quando comparando-se...-
Descrição: dc.descriptionThe effect of catecholamines over volemic reposition with saline solution and its effects on the heart rate variability on rabbits subjected to hemorrhage. Research through Spectral Analysis. To check the effects of different catecholamines on the volemic expansion and on the autonomic nervous system of rabbits subjected to hemorrhage. 24 rabbits were studied, subjected to hemorrhage (25% volemia), randomly distributed in four experimental groups, according to the type of volemic reposition done. HEMO Group: Reposition administered with the animal’s own blood, in the same amount of blood taken out. Saline Solution (SS) Group: Reposition with SS, three times the amount of blood withdrawn. Isoprenaline (ISP) Group: Reposition with SS, three times the amount of blood taken out, and Isoprenaline at 0,1 g.kg-1.min-1; and Phenylephrine (PHN) Group: Reposition with SS three times the amount of blood withdrawn, and Phenylephrine at 3,0 g.kg-1.min- 1. During the experiment, the following variables were monitored: hematocrit (to evaluate intravascular retention of the crystalloid solution), diuresis, central venous pressure and medium blood pressure. The blood pressure curve was also checked and by examining the systolic peak, the heart rate variability was verified during these different stages: basal, hemorrhagic, catecholamine infusion and post volemic reposition control. The reposition done with SS mixed in agonist α or β catecholamine did not demonstrate differences in intravascular retention, when comparing to isolated reposition with SS. Total diuresis was bigger in the PHN Group than in the HEMO Group. The Central Venous Pressure was significantly higher in the group where volemic reposition with SS was administered, when comparing it to the group where PHN was used. The HRV research showed that the physiological response of the autonomic nervous system in the PHN group... (Complete abstract click electronic access below)-
Formato: dc.format113 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectCatecolaminas-
Palavras-chave: dc.subjectCoelho-
Palavras-chave: dc.subjectVariabilidade do batimento cardíaco-
Palavras-chave: dc.subjectVolemic reposition-
Título: dc.titleEfeitos das catecolaminas sobre a reposição volêmica com solução fisiológica. Repercussão sobre a variabilidade da frequência cardíaca de coelhos submetidos à hemorragia: estudo por análise espectral-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.