Criotolerância de embriões Bos Taurus Indicus e Bos Taurus Taurus produzidos in vitro e in vivo

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorSudano, Mateus Jose-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:59:56Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:59:56Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2013-03-11-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/105893-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/105893-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ-
Descrição: dc.descriptionObjetivo deste experimento foi estudar os mecanismos envolvidos na sobrevivência à criopreservação de embriões Bos taurus indicus (Nelore) e Bos taurus taurus (Simental) produzidos in vitro (PIV) e in vivo (TE). Em um arranjo fatorial 2 x 2, duas subespécies (Bos taurus indicus vs Bos taurus taurus) e duas origens (PIV vs TE) foram utilizadas para testar a hipótese de que a capacidade de sobrevivência após a criopreservação é um evento multifatorial, e que a composição lipídica e o padrão de expressão gênica global afetam a criotolerância embrionária. Vacas Nelore (N=14) e Simental (N=14) foram submetidas a OPU e os oócitos recuperados (N=840 e 450, respectivamente) foram submetidos a MIV, FIV e CIV. Além disso, vacas Nelore (N=7) e Simental (N=8) foram submetidas a superestimulação ovariana, IATF e lavagem uterina. Os embriões PIV (N=349 e N=105) e TE (N=80 e N=74), respectivamente Nelore e Simental, foram submetidos as técnicas de vitrificação (N=70-94), coloração de Sudan Black (n=30), espectrometria de massas por ionização e dessorção a laser assistida por matriz (MALDI-MS; N=8 por grupo), microarray genômico (Nelore PIV N=4, Nelore TE N=4, Simental PIV N=3, Simental TE N=3) e validação no qPCR (N=8 por grupo). Modelos univariados (PROC LOGISTIC e PROC GLIMMIX- SAS 9.2) e multivariados (análise dos componentes principais-PCA- Piruete v.3.11 e MetaboAnalyst) foram utilizados na análise estatística. A análise do Microarray genômico procedeu-se no FlexArray 1.6.1.1. Genes com “fold change” de 1,5 e P≤0,05 foram considerados diferentemente expressos. Embriões Simental apresentaram maior sobrevivência após a vitrificação que os Nelore (34,6 vs 20,2%; P<0,05). Apesar disso, os embriões Simental apresentaram maior conteúdo lipídico do que os Nelore (3,4±0,3 vs 2,4±0,3 intensidade de cinza x 10-4 / μm3 ; P<0,05)...-
Descrição: dc.descriptionThe objective was to study mechanisms involved in the post-cryopreservation survival of Bos taurus indicus (Nellore) and Bos taurus taurus (Simmental) in vitro (IVP) and in vivo (ET) produced embryos. In a 2x2 factorial experimental design, two subspecies (Bos taurus indicus vs Bos taurus taurus) and two origins (PIV vs ET) were used to test the hypotheses that the postcryopreservation embryo survival capacity is a multifactorial event and that the lipid composition and the global gene expression pattern affect embryo cryotolerance. Nellore and Simmental cows (N=14) were submitted to OPU sessions and recovered oocytes (840 and 450, respectively) underwent IVM, IVF and IVC. Moreover, Nellore (N=7) and Simmental (N=8) cows were submitted to ovary superstimulation, FTAI, and uterine flushing. The IVP (N=349 and N=105) and ET (N=80 and N=74) embryos, Nellore and Simmental respectively, were used in the vitrification (N=70-94), Sudan Black B stain (N=30), matrix-assisted laser desorption ionization mass spectrometry (MALDIMS) (N=8 per group), genomic microarray (Nellore IVP N=4, Nellore ET N=4, Simmental IVP N=3, Simmental ET N=3) and qPCR (N=8 per group) techniques. Univariate (PROC LOGISTIC and PROC GLIMMIX, SAS 9.2) and multivariate (PCA - Piruete v.3.11 and MetaboAnalyst) models were used for the statistical analysis. Microarray data analysis was performed in FlexArray 1.6.1.1 software. Genes with a fold change of at least 1.5 and a probability of P<0.05 were considered differentially expressed. Simmental embryos had higher post-vitrification survival (34.6 vs 20.2%; P<0.05) compared with Nellore. Nevertheless, Simmental embryos had higher lipid content than Nellore (3.4±0.3 vs 2.4±0.3 gray intensity x 10-4 / μm3; P<0.05). When compared ET with PIV embryos, it was observed that the former had higher post-vitrification... (Complete abstract click electronic access below)-
Formato: dc.format117 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectBovino - Reprodução-
Palavras-chave: dc.subjectEspectrometria de massa-
Palavras-chave: dc.subjectMicroarranjos de DNA-
Palavras-chave: dc.subjectStress oxidativo-
Palavras-chave: dc.subjectApoptose-
Palavras-chave: dc.subjectApoptosis-
Título: dc.titleCriotolerância de embriões Bos Taurus Indicus e Bos Taurus Taurus produzidos in vitro e in vivo-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.