Tirotoxicose experimental em gatos: efeitos sobre o tecido ósseo, isoenzimas da fosfatase alcalina e metaloproteínases de Matriz-2 E-9

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCosta, Fabiano Séllos-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:59:50Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:59:50Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2006-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/105853-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/105853-
Descrição: dc.descriptionFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ-
Descrição: dc.descriptionO hipertiroidismo felino é caracterizado pela presença de excessivas concentrações plasmáticas dos hormônios tiroidianos. Para melhor caracterizar os efeitos da tirotoxicose, 16 gatos foram submetidos experimentalmente ao estado hipertiroídico a partir de uma dose de 150µg/kg de levotiroxina sódica a cada 24 horas durante 42 dias. Foram analisados os níveis séricos dos hormônios tiroidianos pela técnica de radioimunoensaio e a densidade mineral óssea da extremidade distal do rádio direito pela metodologia de densitometria óptica em imagens radiográficas. As metaloproteinases de matriz –2 e –9 foram avaliadas pela técnica de zimografia a partir de amostras séricas de um grupo de cinco animais que apresentaram-se com marcante desmineralização óssea. Adicionalmente, foi analisado o perfil plasmático das enzimas fosfatase alcalina, ALT, AST e GGT, assim como avaliação das isoenzimas de origem óssea e hepática da fosfatase alcalina. Os resultados demonstraram haver uma elevação dos níveis séricos dos hormônios tiroidianos acompanhada de significativa desmineralização óssea e hiperfosfatasemia. As formas ativas das MMPs –2 e –9 apresentaram uma forte correlação negativa com os valores densitométricos da extremidade distal do rádio dos animais. A avaliação da bioquímica sérica revelou marcante hiperfosfatasemia e níveis normais das enzimas ALT, AST e GGT entre os momentos avaliados. A eletroforese revelou maior elevação da isoenzima óssea ao final do protocolo experimental. Conclui-se que a tirotoxicose promovida proporciona desmineralização óssea em felinos domésticos e este evento é acompanhado de um aumento da atividade das metaloproteinases de matriz. A isoenzima originária do tecido ósseo é a principal responsável pela hiperfosfatasemia promovida-
Descrição: dc.descriptionHyperthyroidism is characterized by excessive plasmatic concentrations of thyroid gland hormones. For a better characterization of thyrotoxicosis effects, 16 cats were induced into hyperthyroid state by intaking a dose of 150µg/kg of sodium L-thyroxine every 24 hours during 42 days. The thyroid hormones serum levels were evaluated through radioimmunoassay technique and the bone mineral density of the right distal radius extremity was measured through radiographic optical densitometry technique. The matrix metalloproteinases –2 and –9 were evaluated through gelatin zymography of serum of five animals who presented considerable bone demineralization at densitometric evaluation. In addition, total alkaline phosphatase, bone and hepatic alkaline phosphatases isoenzymes, ALT, AST, and GGT plasmatic profile were evaluated during this experimental period. Results show a raise of serum thyroid hormones associated with significant bone demineralization and hiperphosphatasemia. The active forms of MMPs –2 and –9 demonstrated a strong negative correlation with bone density of right distal radius extremity. The evaluation of serum biochemical show considerable hiperfosfatasemia and normal levels of ALT, AST e GGT during the experiment. Electrophoresis revealed greater elevation of bone isoenzyme at the final of experimental protocol. It was possible to conclude that thyrotoxicosis induced promoted bone demineralization in domestic cats and this event was associated with an increasing of matrix metalloproteinases activity. Bone isoenzyme is the main responsible for hiperfosfatasemia found in this study-
Formato: dc.format114 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectEndocrinologia veterinaria-
Palavras-chave: dc.subjectFelino - Doenças - Aspectos endócrinos - Estudos experimentais-
Palavras-chave: dc.subjectThyrotoxicosis-
Título: dc.titleTirotoxicose experimental em gatos: efeitos sobre o tecido ósseo, isoenzimas da fosfatase alcalina e metaloproteínases de Matriz-2 E-9-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.