Efeito do tempo e da desinfecção por micro-ondas no desempenho clínico e na quantificação de micro-organismos de um reembasador rígido

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorRibeiro, Roberta Chuqui-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:59:02Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:59:02Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2009-07-28-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/105553-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/105553-
Descrição: dc.descriptionFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Reabilitação Oral - FOAR-
Descrição: dc.descriptionEste estudo avaliou o efeito da desinfecção por micro-ondas sobre o desempenho clínico e a quantificação de micro-organismos de um reembasador rígido em diferentes intervalos de tempo. Foram selecionados 40 pacientes de ambos os sexos com idade entre 30 e 75 anos, utilizando prótese total superior com necessidade de reembasamento. Essas próteses foram reembasadas com o material Tokuyama Rebase II. Logo após o reembasamento, foi avaliado o escoamento e a lisura do material, classificando-os em satisfatório ou insatisfatório. Em seguida, a amostra foi separada em dois grupos: grupo GC (controle) – os pacientes higienizaram sua prótese três vezes ao dia por meio de escovação com sabão de coco. Além disso, a prótese foi retirada durante a noite, ficando imersa em água e grupo GD (desinfecção por micro-ondas) – nesse grupo, além da escovação com escova dental macia e sabão de coco, foi realizada a desinfecção da prótese por micro-ondas uma vez por semana utilizando a potência de 650W e o tempo de 3 minutos. No período noturno, a prótese também foi imersa em água. O material reembasador foi avaliado por dois profissionais treinados trabalhando separadamente após 7 dias, 15 dias, 1 mês, 3 meses, 6 meses, 9 meses e 1 ano. Foram analisadas as seguintes características: estabilidade de cor, brilho, descoloração ou manchamento, irritação dos tecidos orais, separação ou fratura do material e rugosidade superficial. Além disso, foi realizada a quantificação de micro-organismos presentes na superfície interna da prótese em todos os períodos experimentais. Os dados obtidos foram analisados por análise de variância e pelos testes de Tukey e Friedman, ao nível de significância de 5%. O material apresentou lisura e escoamento satisfatórios em todas as análises após o reembasamento. As próteses reembasadas submetidas à desinfecção...-
Descrição: dc.descriptionThis study evaluated the effect of disinfection method on the clinical performance and quantification of microbial of a hard chairside reline resin after 1-year service period. Forty adult patients aged between 30 and 75 years, who required denture reline treatment, participated in this study. Tokuyama Rebase II was used to reline complete maxillary dentures. Immediately after the reline, assessment of the flow and smoothness was rated by the clinician as satisfactory and unsatisfactory. The edentulous subjects were randomly divided into 2 groups (n=20) and dentures were cleansed according to two methods: CG (control group)- brushing with coconut soap and soft toothbrush; DG (disinfection group)-brushing according to previous methods and microwave disinfection once a week for 3 min at 650W. Furthermore, all dentures were immersed in water at night. Evaluations were conducted by two examiners working separately. Color stability, gloss, staining or material discoloration, irritation to oral tissue, detachment or frature of material and surface roughness were assessed at 7 and 15 days, 1, 3, 6 and 9 months and 1 year post-placement. Quantitative microbial cultures were taken from the tissue side of each maxillary denture at all experimental periods. The data were analyzed by ANOVA and Friedman and Tukey tests. A 95% confindence level was used. Flow and smoothness of the material during relining were considered to be good or satisfactory in all the cases. Values color alterations of DG were significantly lower than those of CG (P<0.05). Color change observed after 15 days are greater than values obtained at 7 days recall (P<0.05). All color changes observed for the CG were considered noticeable (between 1.5 and 3.0 NBS). In disinfection group, color change was slight (between 0.5 and 1.5 NBS). There were statistically significant... (Complete abstract click electronic access below)-
Formato: dc.format199 f. : il. color. + anexo-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectMicroondas-
Palavras-chave: dc.subjectReembasadores de dentadura-
Palavras-chave: dc.subjectPrótese total - Desinfecção-
Palavras-chave: dc.subjectDenture liners-
Palavras-chave: dc.subjectComplete denture - Disinfection-
Palavras-chave: dc.subjectMicrowaves-
Título: dc.titleEfeito do tempo e da desinfecção por micro-ondas no desempenho clínico e na quantificação de micro-organismos de um reembasador rígido-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.