Influência da deposição de filmes de carbono tipo diamante na infiltração bacteriana pela interface entre implantes e pilares protéticos

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCardoso, Mayra-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:59:02Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:59:02Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2013-07-18-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/105551-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/105551-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Odontologia Restauradora - ICT-
Descrição: dc.descriptionO estudo avaliou a influência da deposição de filmes de DLC na infiltração bacteriana pela interface entre pilares protéticos e implantes de hexágono externo (HE) e interno (HI). Também avaliou a aderência microbiana a estes filmes, depositados sobre titânio. A deposição dos filmes foi realizada por PECVD (Deposição Química a Vapor Assistida por Plasma), e sua caracterização foi feita pelas análises de perfilometria mecânica, espectroscopia Raman, rugosidade, análise tribológica, espectroscopia de energia dispersiva e ângulo de contato. Para avaliação da aderência microbiana, lâminas de titânio (N=45; n=15) foram divididas em três grupos: (1) sem filme (controle); (2) com filme de DLC; e (3) com filme de DLC dopado com prata (DLC-Ag). Elas foram suspensas em poços contendo saliva-glicerol e caldo de cultura. Após 48 h de incubação, elas foram agitadas em ultrassom e a suspensão resultante foi diluída e semeada em placas para contagem de microrganismos. Para avaliação da infiltração bacteriana pela interface implante/pilar, conjuntos de implantes e pilares HE e HI (N=180; n=30) foram divididos de acordo com o tratamento da base do pilar: (1) nenhum tratamento (controle); (2) deposição de filme de DLC; e (3) deposição de filme de DLC-Ag. Sob condições assépticas, foi inoculado 1 μL de suspensão de Enterococcus faecalis no interior dos implantes, e os pilares foram parafusados com 20 Ncm. Os conjuntos foram testados para contaminação externa imediata, suspensos em tubos de ensaio contendo caldo de cultura estéril, e acompanhados por cinco dias. A turvação do caldo indicou infiltração bacteriana. Ao final do período, os pilares foram desparafusados e o conteúdo interno dos implantes foi coletado com cone de papel e semeado em placas de Petri. Estas foram levadas a estufa bacteriológica por 24 h para verificação da viabilidade bacteriana....-
Descrição: dc.descriptionThis study evaluated the influence of DLC films on bacterial leakage through the interface between abutments and dental implants of external hexagon (HE) and internal hexagon (HI). It also evaluated microbial adhesion to these films deposited on titanium. The deposition of the films was performed by PECVD (Plasma Enhanced Chemical Vapor Deposition), and its characterizations were done by mechanical profilometry, Raman spectroscopy, surface roughness, tribological analysis, energy dispersive spectroscopy and contact angle. To evaluate the microbial adhesion, titanium blades (N=45, n=15) were divided into three groups: (1) without film (control), (2) with DLC film, and (3) with DLC film doped with silver (Ag-DLC). They were suspended in wells containing saliva-glycerol broth. After 48 h incubation they were ultrasonicated and the resulting suspension was diluted and plated for CFU counting. For evaluation of bacterial leakage through implant/abutment interface, sets of implants and abutments (N=180, n=30) were divided according to the treatment of the base of the abutment: (1) no treatment (control); (2) deposition of DLC film, and (3) deposition of Ag-DLC film. Under aseptic conditions, 1 μL of Enterococcus faecalis was inoculated inside the implants, and abutments were tightened to 20 Ncm. The sets were tested for immediate external contamination, suspended in test tubes containing sterile culture broth, and followed for five days. The turbidity of the broth indicated bacterial leakage. At the end of the period, the abutments were removed and the internal content of the implants was collected with paper cone and seeded in Petri dishes. These were incubated for 24 h for assessment of bacterial viability and CFU counting. The roughness and log10CFU/mL data were analyzed by analysis of variance. The bacterial leakage was analyzed by Chi-square test, Fisher exact test, Kaplan-Meier and ....-
Formato: dc.format122 p. : il.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectImplantes dentários-
Palavras-chave: dc.subjectInfiltração-
Palavras-chave: dc.subjectMicrobiologia-
Palavras-chave: dc.subjectTitanio-
Título: dc.titleInfluência da deposição de filmes de carbono tipo diamante na infiltração bacteriana pela interface entre implantes e pilares protéticos-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.