Avaliação da influência da incorporação de substâncias desinfetantes na resistência à compressão e à tração diametral de dois gessos tipo IV

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorBatista, André Ulisses Dantas-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:58:53Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:58:53Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2005-02-21-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/105493-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/105493-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Reabilitação Oral - FOAR-
Descrição: dc.descriptionO objetivo deste estudo foi analisar a influência da incorporação de três desinfetantes (hipoclorito de sódio a 1%, glutaraldeído alcalino a 2% e digluconato de clorexidina a 2%) em duas diferentes porcentagens de substituição da água da espatulação (50 e 100%) de dois gessos tipo IV, FujiRock EP (M1) e Rock Plus (M2), avaliando-se a resistência à compressão e à tração diametral. Os corpos-de-prova foram obtidos a partir de matrizes metálicas bipartidas com 20 mm de diâmetro e 40 mm de altura (resistência à compressão) e 20 mm de diâmetro e 10 mm de altura (resistência à tração diametral). As matrizes foram fixadas sobre uma placa de vidro, o gesso foi manipulado na proporção água/pó recomendada pelos fabricantes (M1:20ml/100g e M2:19 ml/100g), em um espatulador mecânico por 30 segundos, e vazado sob vibração. Para cada ensaio foram confeccionados sete grupos para cada gesso (n=10). Os grupos foram: CONTROLE (Água destilada), G50 (substituição de 50% da água de espatulação por glutaraldeído), G100 (100% de glutaraldeído), C50 (substituição de 50% da água por clorexidina), C100 (100% de clorexidina), H50 (substituição de 50% da água por hipoclorito) e H100 (100% de hipoclorito). Após a presa os corpos-de-prova foram removidos das matrizes e armazenados à temperatura ambiente. Os ensaio de compressão e tração diametral foram realizados 24 horas após o vazamento, em uma máquina de ensaios MTS-810, com célula de carga de 100 KN à velocidade de 0,5mm/min. Os valores médios de resistência à compressão e à tração diametral (MPa) foram submetidos à análise de variância e teste de Tukey, com nível de significância de 95%, permitindo concluir que: (a) a incorporação das substâncias desinfetantes estudadas afetou a resistência à compressão de ambos os gessos analisados; (b) as diferentes proporções de incorporação das substâncias...-
Descrição: dc.descriptionThe purpose of this study was to evaluate the compressive and diametral tensile strength of two Type IV dental stones, FujiRock EP (M1) e Rock Plus (M2), mixed with three disinfectant solutions (sodium hypochlorite 1%, chlorhexidine digluconate 2% and glutaraldehyde 2%) in two different proportions of gauging water (50% and 100%). Compressive samples consisted of cylindrical specimens, each having a diameter of 20 mm and length of 40 mm, and diametral tensile specimens consisted of discshaped specimens, having a diameter of 20 mm and length of 10 mm, obtained from split metal molds. The stone was mixed with the solutions previously outlined at the water-powder ratio recommended by the manufacturers (M1:20ml/100g e M2:19 ml/100g), mechanically spatulated under vacuum (Turbomix) for 30 seconds, and gently vibrated in the molds. Seven groups were prepared for each test, with 10 samples each, as follows: CONTROL (distilled water), G50 (substitution of 50% of gauging water by glutaraldehyde), G100 (only glutaraldehyde), C50 (substitution of 50% of gauging water by chlorhexidine digluconate), C100 (only chlorhexidine digluconate), H50 (substitution of 50% of gauging water by sodium hypochlorite) and H100 (only sodium hypochlorite). Specimens were removed from the molds after they set. Compressive strength and diametral tensile strength was determined 24 hours the specimens were cast, in an MTS-810 testing machine, with a cross-head speed of 0,5mm/min. Mean compressive and diametral tensile strength was calculated and expressed in megapascals (MPa). Data from both tests were analyzed by ANOVA and Tukey test, showing that: (a) chemical disinfectants incorporation reduced the compressive strength of type IV dental stones evaluated; (b) the use of two different proportions of gauging water substitution by disinfectants (50% and 100%) has affected the compressive strength of only one die stone (M1); (c) chemical disinfectants incorporation did not reduced.-
Formato: dc.format124 f. : il. color.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectSulfato de cálcio-
Palavras-chave: dc.subjectDesinfecção-
Palavras-chave: dc.subjectResistência à tração-
Palavras-chave: dc.subjectForça compressiva-
Palavras-chave: dc.subjectCalcium sulfate-
Palavras-chave: dc.subjectTensile strength-
Palavras-chave: dc.subjectCompressive strength-
Palavras-chave: dc.subjectDisinfection-
Título: dc.titleAvaliação da influência da incorporação de substâncias desinfetantes na resistência à compressão e à tração diametral de dois gessos tipo IV-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.