Caminhos do melodrama em Portugal

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorBarbon, Michele Cristina Voltarelli-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:53:21Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:53:21Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2011-05-27-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/103693-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/103693-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Estudos Literários - FCLAR-
Descrição: dc.descriptionNesta tese procuramos seguir o caminho percorrido pelo melodrama em Portugal ao longo do século XIX, investigando as suas ocorrências no teatro português desde o início do século – quando ali se instalava o Romantismo –, passando pelo período do Ultrarromantismo, quando o gênero ganhou mais relevo, até chegar à época do Decadentismo-Simbolismo, quando as formas melodramáticas ainda se revelavam vigorosas, embora com alterações que tentamos esmiuçar. Investigamos o melodrama – com os seus conteúdos e as suas formas específicas – tal como se estabeleceu no Portugal oitocentista e como se desenvolveu ao longo desse período, procurando compreender as relações deste gênero dramático com o contexto sócio-cultural que o estimulou – afinal, a força do melodrama perdurou ao longo de Oitocentos. Verificamos qual a contribuição de Almeida Garrett enquanto introdutor do teatro romântico em Portugal, lutando por uma produção nacional de qualidade, susceptível de elevar o gosto e a cultura do público e, portanto, contrário à presença do melodrama, mas em cujas peças encontramos vestígios deste gênero. Considerando-se que a pesquisa abrangeu um período bastante extenso, utilizamos as seguintes obras como textos paradigmáticos: O cativo de Fez (1839), de Silva Abranches; Os dois renegados (1839), de Mendes Leal; O fratricida (1844), de Guerra Leal; O último acto (1859), de Camilo Castelo Branco e, finalmente, de D. João da Câmara, O pântano (1894) e A Rosa Enjeitada (1901)-
Descrição: dc.descriptionIn this thesis, we tried to follow the way through the melodrama in Portugal throughout the XIX century, by investigating its occurences in the Portuguese theatre since the beginning of that century – at the time that the Romanticism established itself there –, going through the period of the Ultra-romanticism, when the genre got more notorious, until it gets to the period of the Decadentism-Symbolism, when the melodramatic features still revealed themselves vigorous, nevertheless under some changes which we tried to examine in detail. We investigated the melodrama – with its contents and its specific features – such as how it established itself in the Portugal eighties, and how it developed itself throughout this period, trying to understand the relation between this dramatic genre and the social-cultural context which stimulated it – at last, the strength of the melodrama lasted through the Eighties. We checked what the contribution of Almeida Garrett was as an introducer of the romantic theatre in Portugal, struggling for a national production of quality, susceptible to lift up the taste and the culture of the public hence opposed to the presence of the melodrama. However, we could found traces of this genre in his plays.– Taking into consideration that the research comprised a considerable extensive period, we used the following masterpieces as paradigmatic texts: O cativo de Fez (1839), by Silva Abranches; Os dois renegados (1839), by Mendes Leal; O fratricida (1844), by Guerra Leal; O último acto (1859), by Camilo Castelo Branco and, finally, by D. João da Câmara, O pântano (1894) and A Rosa Enjeitada (1901)-
Formato: dc.format176 f. : il.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectLiteratura portuguesa-
Palavras-chave: dc.subjectTeatro portugues-
Palavras-chave: dc.subjectMelodrama-
Palavras-chave: dc.subjectSéculo XIX-
Palavras-chave: dc.subjectPortuguese theatre-
Palavras-chave: dc.subjectNineteenth century-
Título: dc.titleCaminhos do melodrama em Portugal-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.