Revitalização e ensino de língua indígena: interação entre sociedade e gramática

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCosta, Francisco Vanderlei Ferreira da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:53:11Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:53:11Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2013-05-23-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/103623-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/103623-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR-
Descrição: dc.descriptionEste trabalho discute a interação da Comunidade Tupinambá com a língua indígena Tupi/Tupinambá, língua que se encontra em processo de revitalização. Para isso, adota-se a postura de iniciá-lo trazendo a própria comunidade Tupi, com suas várias nomeações, isso nos séculos XVI e XVII, indicando as particularidades desse vasto e heterogêneo grupo que ocupava grande parte do litoral da região que seria nomeada de Brasil. Esse primeiro estudo tem a função de localizar a ancestralidade reclamada pela comunidade Tupinambá, mostrando o espaço do grupo Tupi na construção da História nacional. Em seguida, o trabalho volta-se para a comunidade Tupinambá do final do século XX e início do século XXI. Nesta etapa, já mostra a comunidade atual com sua luta para ser reconhecida oficialmente, a luta pela terra e pelos seus direitos, os quais continuam sendo desrespeitados. A História do grupo continua sendo feita, assim é importante mostrar que ele não ficou parado no tempo enquanto as autoridades brasileiras não os reconheciam sequer como índios. Eles continuaram a existir, mantendo sua cultura e sendo sujeitos de suas próprias mudanças étnicas. Por meio de seu movimento organizado, obtiveram as vitórias conquistadas. A partir da localização deste grupo, foi possível direcionar este estudo para a língua que ele pretende revitalizar. Desta forma, revitalização é o assunto seguinte da tese. Nessa seção, discute-se a situação das línguas no mundo, trazendo as políticas internacionais que estão em voga para tentar frear a morte de línguas. Dessas, atinge-se o cenário nacional e local, chegando ao grupo Tupinambá e expondo os motivos da escolha pela revitalização de uma língua indígena, também explorando o porquê dessa língua ser aquela mais estudada no Brasil, o Tupi...-
Descrição: dc.descriptionThis thesis intends to discuss the interaction with the Tupinambá Community and the Tupi/Tupinambá language which is nowadays in a process of revitalization. In order to do so the Tupinambá started the revitalization inside the community, which has several names. These names came from the XVI and XVII centuries indicating particularities of this large and heterogeneous ethnic group whose territory is a large part of the seaside. This place nowadays is named Brasil. This first study intends to reach the Tupinambá Community claimed ancestry, in order to expose the Tupi group participation on the National History development. Afterwards the thesis intends to study the Tupinambá community between the last years of the XX Century and the beginning of the XXI Century. During this period which shows the community and its struggle in order to be officially recognized as an indigenous group, besides that it shows the struggle for the land and the rights which are not respected so far. The history of this group is still on development, therefore it is important to show that the Tupinambá history is not part of the ancient history, although the Brazilian decision makers do not recognize this group as indigenous. The Tupinambá still exist keeping their culture and acting as masters of their own ethnic changes. They have achieved many victories through their organized movement. From the Tupinambá localization, it was possible to stablish objectives to study the language which this people intends to revitalize. Therefore, revitalization is the subject of this thesis. In this section it is discussed the situation of languages all over the world, reviewing the current international politics to avoid the death of endangered languages in the national and local territory. The Tupinambá was the chosen one. The thesis intends to show... (Complete abstract click electronic access below)-
Formato: dc.format354 p. : il.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectLinguística-
Palavras-chave: dc.subjectIndios Tupinamba-
Palavras-chave: dc.subjectIndios Tupinamba - Linguagem-
Palavras-chave: dc.subjectLinguagem-
Palavras-chave: dc.subjectTupinamba Indians-
Título: dc.titleRevitalização e ensino de língua indígena: interação entre sociedade e gramática-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.