Enfrentamento do problema das divergências de tradução por um sistema de tradução automática: um exercício exploratório

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorOliveira, Mirna Fernanda de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:53:09Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:53:09Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2006-04-25-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/103605-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/103605-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR-
Descrição: dc.descriptionO objetivo desta tese é desenvolver um estudo lingüístico-computacional exploratório de um problema específico que deve ser enfrentado por sistemas de tradução automática: o problema da divergências de tradução quer de natureza sintática quer de natureza léxico-semântica que se verificam entre pares de sentenças de línguas naturais diferentes. Para isso, fundamenta-se na metodologia de pesquisa interdisciplinar em PLN (Processamento Automático de Línguas Naturais) de Dias-da-Silva (1996, 1998 e 2003) e na teoria lingüístico-computacional subjacente ao sistema de tradução automática UNITRAN de Dorr (1993), que, por sua vez é subsidiado pela teoria sintática dos princípios e Parâmetros de Chomsky (1981) e pela teoria semântica das Estruturas conceituais de Jackendoff (1990). Como contribuição, a tese descreve a composição e o funcionamento do UNITRAN, desenhado para dar conta de parte do problema posto pelas divergências de tradução e ilustra a possibilidade de inclusão do português nesse sistema através do exame de alguns tipos de divergências que se verificam entre frases do inglês e do português.-
Descrição: dc.descriptionThis dissertation aims to develop an exploratory linguistic and computational study of an especific type of problem that must be faced by machine translation systems: the problem of translation divergences, whether syntactic or lexical-semantic ones that can be verified between distinct natural language sentence. In order to achieve this aim, this work is based on the interdisciplinary research metodology of the NLP (Natural Language Processing) field developed by Dias-da-Silva (1996, 1998 & 2003) and on the linguistic computacional theory behind UNITRAN, a machine translation systemdeveloped by Dorr (1993), a system that is on its turned based on Chomsky's syntactic theory of Government and Binding (1981) and Jackendoff's semantic theory of Conceptual Structures (1990). As a contribution to the field of NLP, this dissertation describes the machinery of UNITRAN, designed to deal with part of the problem of translation divergencies, and it illustrates the possibility of including Brazilian Portuguese language in the system through the investigation of certain kinds of divergences that can be found between English and Brazilian Portuguese senteces.-
Formato: dc.format127 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectLinguística-
Palavras-chave: dc.subjectTraduções - Processos eletrônicos-
Palavras-chave: dc.subjectProcessamento automático de línguas naturais (PLN)-
Palavras-chave: dc.subjectTradução automática-
Palavras-chave: dc.subjectTranslation-
Palavras-chave: dc.subjectNLP (Natural Language Processing)-
Palavras-chave: dc.subjectLinguistic computacional theory-
Palavras-chave: dc.subjectMachine translation system-
Título: dc.titleEnfrentamento do problema das divergências de tradução por um sistema de tradução automática: um exercício exploratório-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.