Patrimônio da humanidade: a edificação discursiva da cidade de São Luis nas políticas de preservação do Estado

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCutrim, Kláutenys Dellene Guedes-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:53:03Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:53:03Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2011-03-18-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/103557-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/103557-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR-
Descrição: dc.descriptionAnálise das políticas de preservação do centro histórico de São Luís, Maranhão. Procura-se compreender, a partir das formulações teóricas do Círculo de Bakhtin, como os conceitos de dialogia, gênero, enunciado, cronótopo são mobilizados nas políticas de preservação analisadas, numa tentativa de reatualizar uma memória. Para tanto, analisam-se documentos oficiais materializados em um dossiê, em Leis e Projetos de Leis (a Lei 3.999, de 05/12/78; o Programa de Preservação do Centro Histórico de São Luís – PPRCH e seus Subprogramas de fins, a Lei 5.082, de 1990 e a Lei Municipal 79, de 1993) e documentos e não oficiais, tais como matérias jornalísticas, entre artigos de opinião, notícias e entrevistas, que focalizavam o processo de patrimonialização da cidade, no ano de 1997. Sustentando a grade de análise encontram-se alguns questionamentos: “Quem fala?”, “Para quem é endereçado o que este alguém fala?”, “Qual a sua finalidade?”, “Que formas assumem esse discurso?”, “Que efeitos produzem? Nesse sentido, esta pesquisa busca, em diferentes lugares discursivos, verificar como as políticas de preservação operam como elementos de mediação de uma memória referente a um local e a um tempo que, diante da impossibilidade de ser recuperado, é recriado no presente. Tomam-se assim vários discursos, formulados por distintos sujeitos, a partir de mecanismos discursivos, manobras linguísticas, enunciativas e textuais. A pesquisa ora apresentada está delineada em quatro capítulos e norteia-se pelos pressupostos teóricos tecidos a partir de estudos bakhtinianos (BAKHTIN, 1997; 2002; 2003; 2006; 2008), assim como de estudos sobre história e memória (LE GOFF, 1994; BURKE, 2000; RICOEUR, 2007; NORA, 1981; HALBWACHS, 2004), espaço, cidade (ROLNIK, 1992; CALVINO, 1999; LEITE, 2004; MUMFORD, 1986), sobre a mudança no conceito de patrimônio...-
Descrição: dc.descriptionAnalysis of policies for preserving the historic center of São Luís, Maranhão. It seeks to understand, from the theoretical formulations of the Bakhtin Circle, as the concepts of dialogism, genre, statement, chronotope are mobilized in the preservation policies analyzed in an attempt to reconstitute a memory. To this end, we analyze the official documents materialized in a dossier, in laws and draft laws (Law 3999 of 05/12/78, the Program for the Preservation of the Historic Center of St. Louis - PPRCH of subprograms and their purposes, Law 5082, 1990 and the Municipal Law 79 of 1993), and unofficial documents, such as newspaper articles, including articles of opinion, news and interviews, which focused on the process the heritage of the city in 1997. Supporting this analysis some questions are posed: Who speaks?, To whom is addressed what someone speaks?, What is its purpose?, What form does this speech take?, What effects does it produce? In that sense, this research aims at different discursive places, checks out how the preservation policies operate as elements of a mediation concerning a memory that refers to a location and a time that, given the impossibility of being recovered, is recreated in the present. Many speeches are taken up, made by different subjects, from discursive mechanisms, maneuvers linguistic, and textual enunciation. The research presented here is outlined in four sections guided by theoretical assumptions made from Bakhtin studies (BAKHTIN, 1997;2002;2003;2006;2008), as well as studies of history and memory (LE GOFF, 1994; BURKE, 2000; RICOEUR, 2007; NORA, 1981; HALBWACHS, 2004), space, city ROLNIK, 1992; CALVINO, 1999; LEITE, 2004; MUMFORD, 1986), on changes in the concept of heritage (CHOAY, 2001; PELEGRINI, 2006; ABREU, 2003; GONÇALVES, 2002). The first section presents theoretical formulations of the Bakhtin Circle, such as the concepts... (Complete abstract click electronic access below)-
Formato: dc.format187 f. : il.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectDialogo-
Palavras-chave: dc.subjectAnálise do discurso-
Palavras-chave: dc.subjectMemoria-
Palavras-chave: dc.subjectPatrimônio cultural-
Palavras-chave: dc.subjectPolíticas de preservação-
Palavras-chave: dc.subjectCultural heritage-
Palavras-chave: dc.subjectMemory-
Palavras-chave: dc.subjectPreservation policies-
Palavras-chave: dc.subjectDiscourse-
Palavras-chave: dc.subjectDialogue-
Título: dc.titlePatrimônio da humanidade: a edificação discursiva da cidade de São Luis nas políticas de preservação do Estado-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.