A construção teórica da Diplomática: em busca de uma sistematização de seus marcos teóricos como subsídio aos estudos arquivísticos

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorTognoli, Natália Bolfarini-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:52:36Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:52:36Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2013-08-19-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/103383-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/103383-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Ciência da Informação - FFC-
Descrição: dc.descriptionDiplomatics offers a methodological approach to Information Science providing subsidies for documentary analysis in Archival Science. Its origin dates back to the seventeenth century, when in 1681, Mabillon published the work De re Diplomatica libri VI enunciating for the first time, the elements for document criticism. After Mabillon, other works were published in France, Austria, Germany and Italy contributing to the consolidation of the discipline within the so called “documentary sciences”, admitting concepts and methods for the criticism of medieval documents. However, despite the long list of works, the literature still lacks a systematization of the ideas of classical authors that make up the discipline, more specifically, how they interact and work to its constitution. This systematization is important once authors as Bautier (1962), Duranti (1995) and Heredia (1991) identified in those works, the earliest theoretical and practical manifestations for archival organization. Thus, this dissertation performs a theoretical reunion of Diplomatics from the study of its major works published between the seventeenth and twentieth centuries, aiming to identify the role they play in the construction of both disciplines, systematizing the ideas of the more expressive frameworks of the area in order to build a ideal type of diplomatics method. To do so, it was carried out an exploratory, theoretical and documentary study in the works of Diplomatics identifying the nature, object and purpose of discipline, so it could be built a cartography of authors who integrate the epistemological constitution of the area, as well as an ideal type of diplomatic method, able to deal with old and contemporary documents-
Descrição: dc.descriptionA Diplomática traz em seu bojo, um aporte metodológico à Ciência da Informação, na medida em que fornece subsídios para a análise documental na Arquivística, e para o tratamento temático da informação na Biblioteconomia. Sua origem remonta ao século XVII, quando em 1681, Mabillon publica o tratado De re Diplomatica libri VI no qual enunciava, pela primeira vez, os elementos para a crítica documental. Após a publicação de Mabillon, outros tratados e manuais foram publicados na França, Áustria, Alemanha e Itália contribuindo para a consolidação da disciplina dentro das denominadas ciências documentais, ao postularem conceitos e métodos para a crítica de documentos medievais. No entanto, em que pese a extensa lista de obras, a literatura ainda carece de uma sistematização das ideias dos autores clássicos que compõem a disciplina, mais especificamente, como elas interagem e trabalham para sua constituição. A importância atual de uma sistematização se torna necessária na medida em que autores como Bautier (1962), Duranti (1995) e Heredia Herrera (1991) identificam nessas obras, as primeiras manifestações teóricas e práticas para a organização dos documentos, e, consequentemente, o início das primeiras manifestações da Arquivística. Dessa maneira, este trabalho realiza um resgate teórico sistematizado da Diplomática a partir do estudo das principais obras publicadas entre os séculos XVII e XX, buscando identificar o papel que elas exercem na construção de ambas as disciplinas, sistematizando as ideias dos marcos teóricos mais expressivos da área, a fim de construir um método diplomático ideal. Para tanto, realizou-se um estudo exploratório, teórico e documental nas obras dos marcos teóricos da Diplomática, identificando nelas a natureza, o objeto e objetivo da disciplina, para que, a partir daí, pudesse ser construída...-
Formato: dc.format162 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectArquivologia-
Palavras-chave: dc.subjectDiplomatica-
Palavras-chave: dc.subjectDocumentos-
Título: dc.titleA construção teórica da Diplomática: em busca de uma sistematização de seus marcos teóricos como subsídio aos estudos arquivísticos-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.