Comparação entre um modelo teórico e o real, no investimento em construção de estradas de uso florestal, relacionado com o volume de madeira transportado

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorNascimento, Fernanda Regina-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:48:19Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:48:19Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2005-06-19-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/101715-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/101715-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA-
Descrição: dc.descriptionA rede viária florestal influencia diretamente na qualidade do transporte. Ela serve de acesso às florestas, viabilizando o tráfego de mão de obra e o escoamento de matéria-prima. No entanto, uma das principais causas do aumento nos custos de construção é a má conservação e a falta de planejamento, visto que suas principais características são, muitas vezes, o baixo volume de tráfego e a utilização de veículos pesados e extrapesado. Além dos avanços tecnológicos e da importância do transporte para as empresas florestais, hoje, muitas empresas estão se preocupando com as condições ideais de rede viária florestal, principalmente no que se refere aos cuidados com planejamento e qualidade dos materiais utilizados. O objetivo deste trabalho foi propor e avaliar um modelo teórico de investimento para rede viária florestal em função do volume de madeira transportado. Verificou-se que os dados levantados em campo não eram compatíveis com o planejamento da empresa. A largura da pista de rolamento das estradas principais variou de 4 a 7 metros, sendo que pelo planejamento da empresa, elas deveriam ter 8 metros. Já para as estradas secundárias, a largura da pista de rolamento deveria ter 6 metros, no entanto, foi verificada uma variação de 4 a 7 metros. A análise comparativa dos custos, tendo como cenário primeiramente a situação das estradas levantadas in loco e os padrões de estrada indicados pelo modelo, permitiu notar que adoção do modelo teórico significaria acréscimo de R$ 521,30/km de estrada. Enquanto um segundo cenário comparativo composto pelas características de estradas levantadas em questionário, ou seja, as tidas como modelo para aberturas de novas estradas pela empresa, e os padrões de estrada indicados pelo modelo, indicou que o emprego do modelo teórico possibilitaria uma economia de R$ 2.036,00/km de estrada implantada...-
Descrição: dc.descriptionThe forest road net influences directly on transport Quality. It serves as access to forests, making possible the traffic of workers and the transporting of raw material. However, one of the main causes of the construction costs increase is the bad conservation and the lack of planning, since their main characteristics are, many times, low volume of traffic and the utilization of weighed and extra-weighed vehicles. Beside the technologic advances and the transport importance for forest companies, nowadays, many companies are worried with the ideal conditions of the forest road net, mainly on the concerning of planning and material quality. The objective of this work was to propose and evaluate a theoretical model of investment to forest road net in function of the volume of wood transported. It was verified that field data were not compatible with the company planning. The width of rolling track of main roads varied from 4 to 7 meters, although to company planning they should be 8 meters. For secondary roads, the width of rolling track should be 6 meters, although, it was observed a variation from 4 to 7 meters. Comparing theoretical model costs with real data, on the concerning of road width, it is verified that, in economic terms, the adoption of theoretical model would mean an investment of R$ 521,30/km more than in relation to that costs obtained from real data and comparing the costs of the theoretical model and the width data, obtained through consult formulary, showed that the usage of theoretical model would make possible an economy of R$ 2.036,00/km of built road. Costs of paved roads building were variable in function of rolling track width and the covering thickness, being this costs calculated as better as possible, as to allow an optimization on resources application.-
Formato: dc.formatvii, 118 f. : il. color., grafs., tabs.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectEstradas - Construção-
Palavras-chave: dc.subjectEstradas florestais - Aspectos econômicos-
Palavras-chave: dc.subjectMadeiras - Transporte - Aspectos econômicos-
Palavras-chave: dc.subjectTheoretical model-
Palavras-chave: dc.subjectForest road net-
Palavras-chave: dc.subjectRoad classification-
Título: dc.titleComparação entre um modelo teórico e o real, no investimento em construção de estradas de uso florestal, relacionado com o volume de madeira transportado-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.