O TRABALHO DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: A APROPRIAÇÃO DA ESCRITA COMO PROCESSO DE ELABORAÇÃO

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Federal de Goiáspt_BR
Autor(es): dc.contributor.authorXAVIER, ELIZETE DIVINA-
Autor(es): dc.contributor.authorROCHA, MARIA ALICE CARVALHO-
Data de aceite: dc.date.accessioned2020-09-04T14:50:32Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2020-09-04T14:50:32Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-02-22-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://drive.google.com/file/d/1ldMlDF5yGLzlTbVBbhyCgcsJD01iD0vg/view?usp=sharing-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/574963-
Resumo: dc.description.abstractO Programa do Ministério da Educação e Cultura (MEC) intitulado Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), tem como meta alfabetizar todas as crianças, sem exceção e no momento certo, até o final do terceiro ano escolar. Assim como outros estados e municípios, a Secretaria Estadual de Educação de Goiás aderiu a esse Programa. Este trabalho versasobre ele, principalmente ao ter como objetivo discutir suas concepções teórico-metodológicas para o ensino da leitura e da escrita na alfabetização e suas implicações na formação do professor alfabetizador. A hipótese inicial sugere que nos Cadernos de Linguagem, objeto do estudo, os conceitos de sujeito, linguagem e língua, por exemplo, são abordados numa perspectiva psicologizante, sem dar realce às questões linguísticas e sem considerar a subjetividade da criança e do professor em relação ao saber, hipótese esta confirmada ao longo da pesquisa. Esta dissertação foi de natureza qualitativa, de caráter bibliográfico documental e se fundamentou nos referenciais da Linguística e da Psicanálise, discutindo as concepções de linguagem, língua e sujeito. O Capítulo I aborda o surgimento do PNAIC em nível nacional e seu desenvolvimento no estado de Goiás, relacionando os documentos que o fundamentam legalmente e sua estrutura organizacional. O Capítulo II apresenta os Cadernos de Linguagem do PNAIC e o que trazem como concepções de linguagem, língua e sujeito. O Capítulo III discute a necessidade de o professor produzir experiências escolares de leitura e escrita na alfabetização adotando uma perspectiva de elaboração; e para isso apresenta uma proposta de curso de formação com o intuito de contribuir na formação continuada dos professores alfabetizadores do Estado de Goiás.pt_BR
Idioma: dc.language.isopt_BRpt_BR
Direitos: dc.rightsAttribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil*
Licença: dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/*
Palavras-chave: dc.subjectAlfabetizaçãopt_BR
Palavras-chave: dc.subjectPacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certapt_BR
Palavras-chave: dc.subjectFormação de professorespt_BR
Título: dc.titleO TRABALHO DO PROFESSOR ALFABETIZADOR: A APROPRIAÇÃO DA ESCRITA COMO PROCESSO DE ELABORAÇÃOpt_BR
Tipo de arquivo: dc.typecursopt_BR
Aparece nas coleções:Área de Ensino-PG CAPES

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons