Fatores de risco cardiovascular e alterações eletrocardiográficas na avaliação pré-operatória do idoso longevo

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorTomaz, Carlos Alberto Bezerra-
Autor(es): dc.creatorSales, José Augusto-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:43:02Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:43:02Z-
Data de envio: dc.date.issued2011-06-22-
Data de envio: dc.date.issued2011-06-22-
Data de envio: dc.date.issued2011-06-22-
Data de envio: dc.date.issued2011-03-11-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/8623-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/638276-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2011.-
Descrição: dc.descriptionOs Fatores de Risco Cardiovascular (FRCV) e Alterações Eletrocardiográficas (AE) do Idoso longevo (IL) representam importante informação com finalidade de avaliação pré-operatória. O objetivo foi verificar a prevalência de FRCV, tais como Hipertensão Arterial (HTA) e Diabetes Mellitus tipo 2 (DM) e de AE tipo Fibrilação Atrial (FA), Extra-sístole Ventricular (EV) e Bloqueio do Ramo Esquerdo (BRE) em IL que foram submetidos à cirurgia eletiva. Participaram do estudo cem indivíduos idosos longevos de ambos os gêneros (54% mulheres) com idade igual ou maior de 70 anos, que coletaram sangue em jejum para dosagem de glicose e realizaram medidas de pressão arterial e eletrocardiograma de doze derivações em repouso. Os resultados encontrados foram: 48% dos sujeitos apresentaram FRCV; 25% AE; 31% HTA; 5% DM; 12% DM+HTA; 9% FA; 8% EV; 8% BRE. Todos os pacientes com BRE apresentaram antecedentes de HTA. Em conclusão, para a população estudada, observou-se uma maior prevalência de FRCV quando comparada às AE. O BRE parece ser uma característica importante em idosos longevos com HTA. Esses resultados ressaltam a importância da avaliação cardiológica pré-operatória, do idoso longevo. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe Cardiovascular Risk Factor (CRF) and Changes Electrocardiographic (CE) of the oldest old (OO) represent important information with the purpose of preoperative evaluation. The objective was determine the prevalence of cardiovascular risk factors, such as arterial hypertension (AH) and Type 2 Diabetes Mellitus (DM) and type of AE Atrial Fibrillation (AF), Ventricular Extra- systole (VS) and left bundle branch block (LBBB) in which oldest old underwent elective surgery. Participated in the study one hundred oldest old individuals of both sexes (54% women) aged equal to or greater than 70 years, they collected fasting blood for measurement of made measurements of glucose and blood pressure and electrocardiogram twelve-leadresting. The results were: 48% of subjects had Cardiovascular risk factors, 25% CE, 31% hypertension, 5% DM, 12% DM + AH; 9% AF, 8% VS; 8% LBBB. All patients with LBBB had a history of AH. In conclusion to the population, we observed a higher prevalence of cardiovascular risk factors when compared to CE. The LBBB appears to be an important feature in the elderly long time and AH. These results underscore the importance of assessing preoperative cardiology of old peoples.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectIdosos-
Palavras-chave: dc.subjectCuidados pré-operatórios-
Palavras-chave: dc.subjectAvaliação de riscos de saúde-
Palavras-chave: dc.subjectCoração - doenças-
Título: dc.titleFatores de risco cardiovascular e alterações eletrocardiográficas na avaliação pré-operatória do idoso longevo-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.