Banco de sementes e estabelecimento de plantas daninhas em agroecossistemas

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.creatorCarmona, Ricardo-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:19:10Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:19:10Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-12-07-
Data de envio: dc.date.issued2017-12-07-
Data de envio: dc.date.issued1995-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/25393-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://dx.doi.org/10.1590/S0100-83581995000100001-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/628739-
Descrição: dc.descriptionEm novembro/92 o banco de sementes no solo foi estimado, a 0-10 cm de profundidade, em alguns agroecossistemas: área de rotação de culturas, várzea, pomar de cítrus e pastagem de Brachiaria brizantha, no Distrito Federal, Brasil. Esta estimativa foi realizada através da observação da emergência de plântulas em amostras de solo incubadas, com e sem lavagem através de peneira e presença ou ausência de nitrato de potássio. A lavagem do solo para redução de volume, seguida de utilização de nitrato de potássio, mostrou-se desvantajosa para a determinação dos bancos de sementes viáveis detectadas nas amostras. A quantidade média de sementes por metro quadrado foi de 22313 na várzea, 6768 na área de rotação, 3595 nas coroas do pomar e 529 na pastagem. Verificou-se que as plantas infestantes estabelecidas em maio/93 nos agroecossistemas, representavam, em relação á quantidade inicial de sementes: 0,34% na pastagem, 0,71% na várzea, 1,48% nas coroas do pomar e 1,56% na área de rotação de culturas. Estas plantas seriam aquelas que supostamente mais contribuíram para a manutenção dos bancos de sementes no solo. Houve uma correlação direta do banco de sementes com o número de espécies e indivíduos presentes nos agroecossistemas. As espécies predominantes nas áreas anualmente perturbadas foram Ageratum conyzoides, Bidens pilosa, Cenchrus echinatus, Commelina benghalensis, Emilia sonchifolia, Euphorbia heterophylla e Richardia brasiliensis. Brachiaria spp predominou nas entrelinhas do pomar, enquanto na pastagem as poucas plantas daninhas presentes eram espécies de cerrado. A similaridade entre agroecossistemas, com relação às plantas daninhas foi maior entre as áreas mais perturbadas, como áreas de rotação de culturas, várzea e coroas do pomar.-
Descrição: dc.descriptionThe seed bank in the soil was estimated in November/92 at 0-10 cm depth in some agro-ecosystems: arable land, meadow land, citrus orchard and a Brachiaria brizantha pasture in Distrito Federal, Brazil. These estimates were carried out by the evaluation of seedling emergence in incubated soil samples, with and without pre-washing through sieve (0,297 mm mesh). The pre-washed samples were incubated with potassium nitrate, while water was added to the others. The pre-washing plus potassium nitrate reduced the amount of seedlings in all samples, and thus is not recommended. The average numbers of viable seeds per square meter in the non-washed samples were: 22313 in the marsh land, 6 768 in the arable land, 3 595 in the projection of the plants in the orchard and 529 in the pasture. The established plants in the field were evaluated once in May/93, on normal crop conditions. They represented, in relation to the initial seed bank: 0.34% in the pasture, 0,71% in the meadow land, 1,48% in the orchard and 1.56% in the arable land. These plants would contribute to the maintenance of the seed bank in the soil. There was a direct correlation between the plant population and the number of species with the size of seed bank. The species that predominated in the disturbed areas were: Ageratum conyzoides, Bidens pilosa, Cenchrus echinatus, Commelina benhhalensis, Emilia sonchifolia, Euphorbia heterophylla and Richardia brasiliensis. Brachiaria spp predominated between the plants in the orchard, while the few weeds that occurred in the pasture belonged to the natural cerrado vegetation of the region. The similarity of agro-ecosystems was higher in disturbed areas, such as arable land, meadow land and orchard.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherSociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectDinâmica de populações-
Palavras-chave: dc.subjectsementes-
Palavras-chave: dc.subjectsolo-
Palavras-chave: dc.subjectPopulation dynamics-
Palavras-chave: dc.subjectweed seeds-
Palavras-chave: dc.subjectsoil-
Título: dc.titleBanco de sementes e estabelecimento de plantas daninhas em agroecossistemas-
Título: dc.titleSeed bank in the soil and the establishment of weeds in agro-ecosystems-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.