Programa Mais Médicos : o que dizem os gestores municipais

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorSousa, Maria Fátima de-
Autor(es): dc.creatorPinheiro, Marcia Cristina Marques-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:04:24Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:04:24Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-11-28-
Data de envio: dc.date.issued2017-11-28-
Data de envio: dc.date.issued2017-11-28-
Data de envio: dc.date.issued2017-08-28-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/25286-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/622899-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2017.-
Descrição: dc.descriptionO presente estudo analisa artigos, reportagens e entrevistas relacionadas ao Programa Mais Médicos publicados na Revista CONASEMS do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde no período de maio de 2013 a maio de 2017 com o objetivo de identificar a percepção do gestor municipal acerca deste Programa. Trata-se de uma pesquisa documental ancorada numa metodologia de análise de conteúdo. A partir do conjunto de fundamentos que caracterizam método e metodologia, a matéria prima coletada, os objetivos definidos, e ainda a experiência profissional da pesquisadora descreve-se o percurso metodológico desde a escolha até sua aplicação e resultados. A escolha e o desenrolar do percurso metodológico relaciona-se com a natureza do material (textos de revista) e também com a facilidade com que ele permite trabalhar possibilidades a partir do encontro da vivência e reflexões da prática cotidiana da pesquisadora com o conteúdo teórico acadêmico da metodologia. A partir de uma leitura livre do material, uma primeira categorização foi proposta e posteriormente, como recurso de apoio na organização da análise de dados textuais, o software IRAMUTEQ, que trabalha a partir de uma análise quantitativa desses dados foi usado para a categorização do conteúdo. De todas as possibilidades de análise ofertadas pelo software, a Classificação Hierárquica Descendente (CHD), na qual se destacam as palavras, a frequência e relações entre elas, possibilitando "enxergar" um campo comum foi a que melhor correspondeu ao exercício da categorização inicial a partir da leitura livre do material. Neste período estabelecido de quatro anos foram publicados 22 números da Revista CONASEMS e nestes, encontramos 20 textos com o descritor "Mais Médicos"- artigos, reportagens e entrevistas - em 15 números da Revista. Podemos dizer, a partir dos dados coletados e analisados, que os resultados encontrados representam a percepção do gestor municipal da saúde sobre o Programa e a posição da instituição neste canal de mídia.-
Descrição: dc.descriptionThe present study analyzes articles, reports and interviews related to the Most Medical Program published in the CONASEMS Magazine of the National Council of Municipal Health Secretariats from May 2013 to May 2017 with the objective of identifying the perception of the municipal manager about this Program. It is a documentary research anchored in a methodology of content analysis. From the set of fundamentals that characterize method and methodology, the raw material collected, the defined objectives, and the professional experience of the researcher is described the methodological path from the choice to its application and results. The choice and the evolution of the methodological course is related to the nature of the material (journal texts) and also with the ease with which it allows to work possibilities from the encounter of the experience and reflections of the daily practice of the researcher with the theoretical academic content the methodology. From a free reading of the material, a first categorization was proposed and later, as a resource of support in the organization of the textual data analysis, the software IRAMUTEQ, that works from a quantitative analysis of this data was used for the categorization of the content . Of all the possibilities of analysis offered by the software, the Descending Hierarchical Classification (CHD), in which the words, frequency and relations between them are highlighted, making it possible to "see" a common field that corresponded best to the exercise of the initial categorization from the free reading of the material. In this established period of four years, 22 issues of the Revista CONASEMS were published and in these, we found 20 texts with the descriptor "More Doctors" - articles, reports and interviews - in 15 issues of the Journal. We can say from the data collected and analyzed that the results found represent the perception of the municipal health manager about the Program and the position of the institution in this media channel.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectPrograma Mais Médicos-
Palavras-chave: dc.subjectAtenção primária à saúde-
Palavras-chave: dc.subjectFormação profissional-
Palavras-chave: dc.subjectGestão municipal - qualidade-
Título: dc.titlePrograma Mais Médicos : o que dizem os gestores municipais-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.