Padrão de normalidade facial e oclusal de crianças na fase da dentadura mista: um estudo fotográfico, de modelos e radiográfico

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorCosta, Luciane Ribeiro de Rezende Sucasas da-
Autor(es): dc.creatorJesuino, Flávia Aline Silva-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T18:03:01Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T18:03:01Z-
Data de envio: dc.date.issued2011-10-27-
Data de envio: dc.date.issued2011-10-27-
Data de envio: dc.date.issued2011-10-27-
Data de envio: dc.date.issued2009-08-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/9535-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/622370-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Programa Multiinstitucional de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, convênio UNB/UFG/UFMG, 2009.-
Descrição: dc.descriptionEste estudo buscou caracterizar o padrão de normalidade facial e oclusal de crianças leucodermas brasileiras da cidade de Goiânia - Goiás, por meio de análises morfológicas. Utilizou-se uma amostra de 100 crianças leucodermas, com idade média de 8,9 anos, com harmonia facial, oclusão normal, sem tratamento ortodôntico prévio ou durante a pesquisa, no período intertransitório da dentadura mista. Foram executadas fotografias, modelos de estudo, radiografia cefalométrica lateral e radiografia panorâmica. Os resultados da análise facial e do sorriso mostraram a predominância do tipo facial braquifacial (55%), proporção entre os terços médio e inferior (1:1,04) e exposição completa de incisivos e espaços negros no sorriso. A análise subjetiva do sorriso mostrou agradabilidade aceitável (73%). Na análise de modelos 58% dos molares estavam em Classe I e 42% em relação de topo. Os valores médios para distância intercaninos superior foi 32,92 mm e inferior 25,96 mm; distância intermolares superior foi 34,91mm e inferior 32,34 mm; trespasse horizontal 2,67 mm e vertical 3,02 mm; diastemas na arcada superior 1,05 mm e inferior 0,1 mm. A angulação mésio-distal nos dentes superiores foi positiva para 71% dos incisivos e nula para 65% dos primeiros molares permanentes. Nos dentes inferiores a angulação mésio-distal foi positiva para 64% dos incisivos permanentes e para 61% dos primeiros molares permanentes. A inclinação vestíbulo-lingual na arcada superior foi positiva para incisivos (80%) e primeiros molares (74%) permanentes; na arcada inferior foi negativa para incisivos (55%) e primeiros molares (99%). A análise cefalométrica mostrou um equilíbrio entre maxila e mandíbula, com incisivos protruídos, sendo a protrusão maior na arcada superior. O perfil mostrou-se convexo e o padrão de crescimento facial equilibrado. A avaliação da angulação radicular distal na radiografia panorâmica mostrou caninos permanentes superiores angulados (66º) e primeiros molares permanentes superiores verticalizados (90º). Os primeiros molares superiores e os caninos inferiores apresentaram semelhança de angulação na avaliação entre os dentes homólogos. Observou-se dimorfismo entre os gêneros nas medidas: terço médio e corredor bucal esquerdo avaliado na fotografia; distância intercaninos inferior e distância intermolares inferior avaliado no modelo de estudo; nas angulações radiculares distais na radiografia panorâmica dos dentes caninos superiores, incisivo central superior direito e incisivo central e lateral inferiores esquerdos; nas medidas cefalométricas Pg-Nperp, CoA, AFPI, SN .GoMe, FMA , SN .Plo, 1.NA , 1.1, IM PA e linha A-Pg. Os dados obtidos podem caracterizar os aspectos de normalidade de crianças leucodermas brasileiras da região de Goiânia - Goiás na dentadura mista, servindo como parâmetro para identificação da oclusão normal. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionThe aim of this study was characterize the normal range of facial and occlusal white Brazilian children from the city of Goiânia - Goiás, by means of morphological analysis. We used a sample of 100 white children, with a mean age of 8,9 years, facial harmony, with untreated normal occlusion, during the middle mixed dentition period. Were executed photographas, dental casts, lateral cephalometric radiography and panoramic radiography. The results of the face and smile showed a predominance of brachfacial facial type (55%), proportion between the middle and lower thirds (1.1.04) and complete incisive exposition and dark spaces during the smile. The analysis of subjective pleasantness smile showed acceptable 973%). In the analysis of dental casts 58% of the molars were in Class I and 42% was in top relation. The average values for upper intercanine distance was 32.92 mm and to the lower 25.96 mm; upper intermolars distance was 34.91 mm and the lower 32.34mm; overjet was 2.67mm and overbite 3.02 mm; diastema in the upper arch was 1.05 mm and in the lower was 0.1 mm. The mesiodistal angulation in the upper teeth was positive for 71% of incisors and nule to 65% of first permanent molars. For the lower arch teeth mesiodistal angulation was positive for 64% of the permanent incisors and to 61% of the first permanent molars. The bucolingual inclination in the upper arch was positive for permanent incisors (80%) and first molars (74%); in the lower arch the bucolingual inclination was negative for lower incisors (55%) and first molars (99%). The cephalometric analysis showed a balance between maxilla and mandible with incisor protrusion, and this protrusion being higher in upper arch. The profile was shown to b e convex and of facial growth pattern was balanced. The evaluation of the distal root angulation on panoramic radiograph showed angled upper permanent canine (66 graus) and vertically upper first permanent molars (90 graus). The upper first molars and the lower canines showed similarity in the evaluation between homologous teeth. Gender dimorphism was observed in the following measurements: middle third and left buccal corridor evaluated in photography; lower intercanine distance and tower intermolar distance estimated in the dental casts; tje distal root angulations in panoramic radiography of the permanent upper canine, upper right central incisor and lower left central incisor, the cephalometric measurements Pg-Nperp, CoA, AFPI, SN.GoMe, FMA, SN.Plo, 1.NA, 1.1, IMPA and line A-Pg. The data can characterize the normal features for white Brazilian children from city of Goiânia, Goiás in the middle mixed dentition, being useful as a parameter for normal occlusion identification.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectOrtodontia-
Palavras-chave: dc.subjectCefalometria-
Título: dc.titlePadrão de normalidade facial e oclusal de crianças na fase da dentadura mista: um estudo fotográfico, de modelos e radiográfico-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.