Alternativa jornalística x poder editorial : uma abordagem dos jornais político-culturais no pós 68

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorAmorim, José Salomão David-
Autor(es): dc.creatorAfonso Junior, Delfim-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:52:19Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:52:19Z-
Data de envio: dc.date.issued2020-05-14-
Data de envio: dc.date.issued2020-05-14-
Data de envio: dc.date.issued2020-05-14-
Data de envio: dc.date.issued1982-06-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/37729-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/618184-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Programa de Pós-graduação em Comunicação,1982.-
Descrição: dc.descriptionA idéia de que existe uma produção simbólica em correlação com as práticas de grupos sociais mostrou-se apropriada para estudar a contribuição dos jornais político-culturais do pós 68. A questão da forma, entendida sob o ângulo das relações entre jornalistas e leitores, foi o aspecto privilegiado na análise de Pasquim', Opinião, Movimento, Versus e Em Tempo. O relacionamento com os leitores apresentou-se marcado por uma ambigüidade: a indefinição quanto ao público a ser atingido. Em decorrência disso, a possibilidade de uma opção efetiva para os leitores não foi claramente esboçada nos diversos,projetos de jornalismo político-cultural surgidos entre 1968 e 1978. Cada um dos jornais abrigava concepções e projetos divergentes, muitas vezes excludentes entre si. A necessidade de superar a grande imprensa e o jornal de partido não foi capaz de fazer emergir um projeto unívoco que estruturasse novas relações entre jornalistas e leitores. Sua característica principal foi a prefiguração do jornalismo politico-partidário. No saldo de suas contribuições, esses jornais deixaram a experiência de novas formas de propriedade, o registro de fatos da conjuntura constantemente preteridos pela grande imprensa e o debate freqüente da questão da democracia interna. As questões não resolvidas como a de não se definirem com nitidez entre uma imprensa para as classes médias e uma imprensa para as classes trabalhadoras, representavam de modo significativo suas contradições e impasses, agora transmitidos a novas publicações na imprensa brasileira.-
Descrição: dc.descriptionThe idea according to which there is a symbolic production in correlation with social groups practices has shown to be appropriated to study the contribution of politico-cultural newspaper post-68. The question of form understood from the angle of relationship between journalists and readers is the aspect which has been emphasized in the analysis of Pasquim, Opinião, Movimento, Versus and Em Tempo. Relationship with readers reaveled itself as characterized by an ambiguity: the absence of definition as to the reading public to be reached. In consequence, the possibility of an effective option has not been clearly delineated for its readers in the many projects of politico-cultural journalism emerged between 1968 and 1978. Each one of the above mentioned newspapers mantained diverging projects and conceptions many times excluding one another. Necessity of surmounting big press and political parties newspapers has not been enough to bring forth an uni vocal project which could come to create new relations between journalists and readers. Its main characteristic was the prefiguration of political party journalism. As a balance in favor of them those newspapers left behind, as contribution, the experience of new forms of property, recording of facts frequently rejected by big press and the continued debate about internai democracy. Not resolved questions - as the absence of a clear option between a journalism to the medium classes or the working class - represented - in a meaningful way - their contradictions and impasses, now transmited to the new publications of Brazilian press.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso restrito-
Palavras-chave: dc.subjectLiberdade de imprensa-
Palavras-chave: dc.subjectImprensa brasileira-
Palavras-chave: dc.subjectJornalismo - aspectos políticos-
Título: dc.titleAlternativa jornalística x poder editorial : uma abordagem dos jornais político-culturais no pós 68-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.