Efeitos do etanol e/ou metilmercúrio no desenvolvimento do sistema nervoso central : alterações morfológicas e comportamentais em ratos adultos

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorFerreira, Vania Maria Moraes-
Autor(es): dc.creatorMaia, Cristiane do Socorro Ferraz-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:29:12Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:29:12Z-
Data de envio: dc.date.issued2010-04-11-
Data de envio: dc.date.issued2010-04-11-
Data de envio: dc.date.issued2010-04-11-
Data de envio: dc.date.issued2009-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/4159-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/609056-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009.-
Descrição: dc.descriptionEstudos envolvendo o álcool e suas interações com outros neurotoxicantes representam o foco de muitas pesquisas, devido ao fato do álcool, algumas vezes, levar a sérios problemas de saúde. A exposição fetal ao álcool e ao mercúrio tem uma alta incidência em algumas regiões do Brasil, especialmente nas áreas próximas à mineração, onde há mulheres grávidas que são dependentes em álcool. Este estudo foi realizado para examinar as alterações comportamentais e morfológicas nos cérebros de ratos adultos, expostos ao etanol (EtOH) e/ou metilmercúrio (MeHg) durante o desenvolvimento do sistema nervoso central (SNC). Ratas grávidas receberam, por gavagem, água de torneira ou EtOH durante a gravidez e a amamentação. No 15º dia da gravidez, a metade de cada grupo recebeu 8 mg/Kg de MeHg. Os grupos foram: Controle, EtOH, MeHg e EtOH+MeHg. Os testes comportamentais consistiram de campo aberto, labirinto em T elevado (LTE) e esquiva inibitória do tipo step-down. As análises morfológicas foram usadas para avaliar a atividade nitrérgica no hipocampo, estriado e cerebelo. Os resultados demonstraram que a exposição ao EtOH e/ou MeHg pode ser um risco para os déficits associados à locomoção e às funções neurocognitivas, da mesma forma que altera a atividade nitrérgica no cérebro de ratos adultos em diferentes vias, dependendo da região e da camada do SNC. Essas alterações podem estar relacionadas às diferentes propriedades metabólicas locais. A administração do EtOH durante a vida fetal parece induzir um aumento das enzimas sintetizadoras de NO, enquanto o MeHg parece reduzilas, alterarando a homeostase na fase adulta. O grupo EtOH+MeHg induziu uma redução da atividade nitrérgica somente na camada molecular do cerebelo quando comparado ao grupo controle. Em conjunto, esses resultados sugerem uma possível interação entre o EtOH e o MeHg, com consequências regionais no cérebro adulto, que deve ser dependente de diferenças metabólicas intra e interregionais, mas que merecem posteriores investigações. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionStudies involving alcohol and its interactions with other neurotoxicants represent the focus of several researches due to the fact that the use of alcohol can sometimes lead to serious health problems. Fetal exposure to alcohol and mercury has a high incidence in some regions of Brazil, especially in mining areas habited by alcoholics pregnant women. This study was performed in order to examine behavioral and morphological alterations in the brain of adult rats, exposed to ethanol (EtOH) and methylmercury (MeHg) during developing central nervous system (CNS). Pregnant rats received, by gavage, tap water or EtOH during pregnancy and breast-feeding. On the 15th day of pregnancy, half of each group received 8 mg/kg of MeHg. The groups were as follows: Control, EtOH, MeHg and EtOH+MeHg. The behavioral tests consisted of open field, elevated T-maze (ETM) and step-down inhibitory avoidance. Morphological analyses were used in order to evaluate the nitrergic activity in the hippocampus, striatum and cerebellum. The results demonstrated that the exposure to EtOH and/or MeHg may be a risk for deficits associated with locomotion and neurocognitive functions and also alters nitrergic activity in the adult rat brain in different ways, depending on the CNS region and layer. These alterations might be related to different local metabolic properties. EtOH administration during fetal life seems to induce an upregulation of NO synthetic enzymes, whereas MeHg seem to downregulate this induction, altering the homeostasis in adulthood. The EtOH+MeHg group induced a reduction of nitrergic activity only in the molecular layer of the cerebellum, compared to control groups. Taken together, the results suggest possible prenatal interactions between EtOH and MeHg with regional consequences in the adult brain that may be dependent of intra- and interregional metabolic differences that deserve further investigation.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectSistema nervoso central - desenvolvimento-
Palavras-chave: dc.subjectFeto-
Título: dc.titleEfeitos do etanol e/ou metilmercúrio no desenvolvimento do sistema nervoso central : alterações morfológicas e comportamentais em ratos adultos-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.