Primavera do Leste/MT: educação patrimonial, “mídia didática” e lugares de memória

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Federal de Mato Grossopt_BR
Autor(es): dc.contributor.authorMoresco, Julio Junior-
Data de aceite: dc.date.accessioned2019-01-01T03:37:10Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2019-01-01T03:37:10Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-
identificador: dc.identifier.otherPrimavera do Leste/MT: educação patrimonial, “mídia didática” e lugares de memóriapt_BR
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/430748-
Resumo: dc.description.abstractEstabelecer discussões sobre os saberes históricos em diferentes lugares de memória, tendo como expressão e marca a cidade de Primavera do Leste/MT, articulados com mídias didáticas, a educação patrimonial e o ensino de História – foi o objeto da presente dissertação. A seleção e a utilização desses lugares de memória com características históricas e culturais como a “Escola Estadual Cremilda de Oliveira Viana; o Instituto de Memória Professora Nívea Denardi; Memorial Onesto Costa; Pista de Caminhada Solano Coradini; Praça Onesto Costa; Lago Vô Pedro; CTG Querência Distante; Centro Municipal de Oficinas e Artesanato e a Sepultura Velha Joana” – são territórios construídos a partir das diversas redes de sociabilidade que se formaram em Primavera do Leste, os quais permitiram desenvolver atividades educativas no campo da história que valorizasse os sujeitos sociais, bem como, adentrar e reconhecer a história local, valorizar e preservar o patrimônio cultural e a memória. Para isso lançouse mão da ferramenta digital – “software Windows Movie Maker e o Curta Histórias/MEC” - na perspectiva que o professor estabeleça inovações pedagógicas e práticas educativas no contexto escolar e produza novos saberes de forma diferenciada e promova um ensino mais efetivo na escola, oportunizando aos alunos apropriarem desses saberes históricos e construírem suas histórias, memórias e identidades. O trabalho busca também enfatizar a importância da história local, a qual reside em conhecer realidades do processo histórico local, na construção de identidades do grupo social local, com base nas realidades particulares, nas diferenças e nas multiplicidades. Portanto, conhecer discutir a importância da educação patrimonial, estabelecer diálogos entre as tecnologias atuais para a educação e construir a cidadania através da ressignificação da história local e de cada indivíduo foi a nossa meta.pt_BR
Tipo de arquivo: dc.format.mimetypePDFpt_BR
Idioma: dc.language.isopt_BRpt_BR
Direitos: dc.rightsAttribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Brazil*
Licença: dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/*
Palavras-chave: dc.subjectEnsino de Históriapt_BR
Palavras-chave: dc.subjectEspaços de Memóriapt_BR
Palavras-chave: dc.subjectPatrimôniopt_BR
Título: dc.titlePrimavera do Leste/MT: educação patrimonial, “mídia didática” e lugares de memóriapt_BR
Curso: dc.subject.courseMestrado Profissional em Ensino de Históriapt_BR
Área de Conhecimento: dc.subject.disciplineDissertaçãopt_BR
Aparece nas coleções:Textos


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons